Lucas Santos: “Saí da favela, mas não posso ficar alienado enquanto matam negros e pobres”

Promessa do futebol brasileiro e cria da comunidade Para-Pedro, no Rio, o atacante que joga na Rússia se inspira em ativistas negros para contestar a violência policial em sua cidade

Ponte

Documento não menciona ataques de jovens de baile funk contra PMs

Relato da Polícia Civil contradiz versão de porta-voz da PM de que policiais reagiram após serem atacados por “pedras e garrafas” e de que não havia operação contra o pancadão

Nove jovens morrem pisoteados em baile funk de Paraisópolis após ação policial

De acordo com a Polícia Militar, policiais usaram “munição química” para dispersar multidão que, supostamente, atacou PMs com latas e garrafas

Tiro que matou a menina Ágatha partiu de PM “sob forte tensão”, diz inquérito

Após ouvir testemunhas e fazer perícias e a reconstituição do crime, Polícia Civil indicia agente por homicídio doloso. Acusado teria tentando atingir dois homens em uma moto, mas o projétil ricocheteou e matou a garota

Rio de Janeiro

Ciclo de impunidade em operações policiais com mortes ronda o caso Ágatha

Estudos mostram que mais de 90% dos casos de mortes cometidas por agentes do Estado não são investigados ou acabam arquivados

JUAN ARIAS

É preciso acabar com a hipocrisia de chamá-las de “balas perdidas”. São balas assassinas

A morte de Ágatha despertou de maneira especial a consciência e até a linguagem dos excluídos daqueles bairros deixados à própria sorte.

Rio de Janeiro

Sob Witzel, policiais já respondem por quase metade de mortes violentas na região metropolitana do Rio

Agentes mataram 194 pessoas em julho em todo o Estado, segundo dados oficiais. É a maior cifra para um mês desde 1998. Governo Witzel já assumiu 1.075 mortes de janeiro a julho deste ano

Sequestro no Rio

Witzel usa operação contra sequestrador para justificar ações indiscriminadas em favelas

Ação policial que terminou com a morte de sequestrador de ônibus na ponte Rio-Niterói é considerada exemplar. Governador faz gestos de comemoração e compara episódio com ações que não raro terminam em chacinas

Rio de Janeiro

As cartas das crianças da Maré: “Não gosto do helicóptero porque ele atira e as pessoas morrem”

Crianças do Complexo de Favelas da Maré descrevem horror da vida sob fogo cruzado em mais de 1.500 cartas enviadas para a Justiça do Rio, que restabelece regras mínimas para operações policiais no local. Seis jovens morrem nos últimos cinco dias em outras comunidades fluminenses

Tribuna

Uma ação mais humana por outra Maré é possível

Atuação do Estado no complexo de favelas do Rio em 2018 mostra que, com o apoio da sociedade civil, pode-se combater o crime de forma mais inteligente

Especial | Mães em luta

As mães ‘órfãs’ de filhos que o Estado levou

Em plena democracia, policiais matam cidadãos e não assumem a responsabilidade pelo crime, muitas vezes acusando a vítima. Mães se unem para dar visibilidade a seus filhos mortos e cobrar a dignidade de terem a memória deles reparada

Especial | Mães em Luta

Barbárie em tempos democráticos: por que o Estado é responsável por tantas mortes

Especialistas ouvidos pelo EL PAÍS explicam por que depois da Constituição de 1988 a violência aumentou no Brasil e como o poder público é parte do problema

Dominic Barter: “Nossa cultura tem medo do conflito”

Pesquisador social da Comunicação Não-Violenta afirma que para viver em democracia é preciso fazer as pazes com o conflito e que a aversão a ele é que cria perigo

Opinião

Negar favela é insulto à vocação popular do Flamengo

Torcida rubro-negra transformou termo pejorativo em saudação ao clube do povo. Deveria ser motivo de orgulho, não um pretexto para reforçar estereótipos preconceituosos

Literatura brasileira

Carolina de Jesus, força e inspiração 105 anos após seu nascimento

A escritora negra e pobre, um dos principais nomes da literatura no Brasil, é homenageada pelo Google nesta quinta-feira

Uma favela do Rio apavorada após a morte de seis pessoas por tiros certeiros que vêm do céu

Relatos coincidem que disparos partem desde 2018 de uma torre policial a 250 metros da comunidade Manguinhos, aponta relatório da Defensoria Pública que apresenta as denúncias de moradores

Favela da Rocinha: além do tráfico

Intervenção Federal no Rio de Janeiro

Menos latrocínios e mais mortes por policiais. Qual é o legado da intervenção no Rio?

Ação chega ao fim com resultados contraditórios, como recorde de mortes por intervenção policial. Mãe de Marcus Vinícius, morto com uniforme escolar, luta para provar que filho foi mais uma dessas vítimas

Entrevista com Nem da Rocinha fica entre as 100 reportagens mais lidas do mundo em 2018

Perfil do traficante feito com exclusividade pelo EL PAÍS foi um dos que mais mobilizou internautas segundo a ferramenta Chartbeat

Ameaças a defensores dos direitos humanos colocam a democracia brasileira em xeque

Polícia desbaratou plano de milicianos para executar deputado do PSOL Marcelo Freixo. Brasil é um dos que mais mata ativistas: só em 2017 foram registradas mais de 60 execuções

Desigualdade social

O abismo dentro de São Paulo que separa Kimberly e Mariana

Rede Nossa São Paulo apresenta nesta quarta-feira os dados do Mapa da Desigualdade 2018

Sob o domínio do medo

Em 14 meses de operações comandadas por militares, moradores da Rocinha sofrem com tiroteios e choram mortes de parentes e vizinhos; sintomas de doenças mentais decorrentes da violência cotidiana são cada vez mais frequentes

Mulher internada é atingida no rosto por bala perdida dentro de hospital no Rio

Polícia informou que houve operação em comunidade próxima, na madrugada de sábado. Paciente estava internada no terceiro andar para fazer exames pré-operatórios antes de cirurgia de vesícula

“Calaram Marcos Vinícius, mas não vão me calar”

Bruna da Silva, mãe de estudante morto em junho durante operação policial no Rio, fala do luto e de sua decisão de exigir responsabilidade do Estado pela tragédia

Intervenção Federal no Rio de Janeiro

Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”

Prefeitura abre sua sede para velar Marcos Vinícius, 14 anos, morto durante operação policial na Maré. Professores relembram garoto e estudantes denunciam assédio da polícia em protesto

A saga de duas favelas por um quinhão do mercado imobiliário de São Paulo

Esquecidas pelo poder público há 46 anos, comunidades poderão ser removidas pelo setor privado Em troca, moradores receberão apartamentos em área nobre, mas novos vizinhos repelem a mudança

“O futuro não ia ser assim”: Pobreza extrema volta a crescer no Brasil

Mais de um milhão e meio de brasileiros despencam para nível social mais baixo em 2017, o segundo ano consecutivo que o número de pobres aumenta