A crise que definirá nossa geração

Em exílio, mundo é obrigado a se repensar suas prioridades, seus líderes e seu destino

A vertigem continua

Petra Costa não levou o Oscar mas seu alerta, rechaçado por parte do Brasil, segue muito forte. A democracia brasileira está ameaçada sob um Estado que questiona nossa própria humanidade

O ventre como instrumento de poder

Governo Bolsonaro propõe abstinência, mas veta educação sexual na ONU e recebe aplausos de sauditas e ultraconservadores

Sob a bandeira do patriotismo, Trump conduz mundo para “lei da selva”

A maior democracia do mundo ainda tem algum respeito pelo direito internacional?

Na Hungria ou no Brasil, a arte volta a ser escudo da democracia

O mesmo líder que ameaça os teatros é aquele que vem proliferando encontros com o Governo de Jair Bolsonaro

Irrompem os monstros do Brasil

Com método e objetivo, Governo Bolsonaro reforça política de Estado de destruição do consensos históricos do país para desenhar identidade que fragiliza ainda mais a democracia

A mentira como instrumento de poder

Nada mais confortável do que ler apenas o que queremos acreditar. E políticos descobriram que podem sequestrar essa massa a seu favor e operar em um terreno fértil

A hipocrisia como política externa

Numa política externa dogmática, uma ditadura de esquerda é uma ditadura de esquerda. Já uma ditadura de direita é um aliado e um parceiro comercial

Democracias em chamas

Uma década depois da pior crise do capitalismo, até mesmo o Fórum de Davos admite que o resgate de 10 trilhões de dólares ao sistema econômico foi ineficiente e, agora, a desigualdade ameaça as democracias

Para os “homens de bem”, só algumas pessoas têm direito a ter direitos

Nesta quinta-feira, o Brasil tem enormes possibilidades de ser eleito para mais um mandato no Conselho de Direitos Humanos da ONU. Caberá ao Estado usar tal mandato para fazer avançar a proteção de minorias e grupos vulneráveis

Movidos a sangue

Na Suíça, um leilão se transforma na vitrine da indecência de uma ditadura, escancara os crimes de corrupção e arrecada 100 milhões de reais com carros de luxo

Ágatha, Raoni e Marielle: a realidade que ameaça abafar a voz de Bolsonaro na ONU

Entidade internacional usou a imagem da Mulher Maravilha para promover o direito das mulheres e meninas pelo mundo. A fantasia, porém, não salvou Ágatha da política pública de extermínio no Brasil

Discurso do Itamaraty no exterior é sobre um Brasil que não existe

Em documentos enviados à ONU e a seus pares, diplomatas brasileiros colocam o país como um exemplo a ser seguido, e não como a de uma nação com desafios a serem superados

Bolsonaro tem de escolher: vaga na ONU ou elogiar Pinochet

O Brasil, ao ser eleito para o conselho da ONU, fará o que estiver a seu alcance para desmontar a estrutura internacional dos direitos humanos, assim como já vem fazendo domesticamente

O farol de Biarritz e o simbolismo da política internacional

Respostas atravessadas de um Governo medíocre ajudaram a cortar canais de comunicação e, ao longo de sete meses, Bolsonaro acumulou incêndios diplomáticos

Fumaça das queimadas é um alerta de que toda manipulação tem seu limite

Um Governo democrático tem obrigações perante seus cidadãos. A escuridão veio com um recado claro: a verdade sufoca

O Brasil ao lado das ditaduras mais cruéis do mundo

No Conselho de Direitos Humanos da ONU, o nome do Brasil já não acompanha a Europa ou mesmo a América Latina, mas príncipes árabes, em nome da suposta defesa da família