ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

A marcha dos mortos

Quase 100.000 vítimas do Governo Bolsonaro e somos covardes ao ponto de normalizar um crime contra a humanidade que é feito em nosso nome

“Há indícios significativos para que autoridades brasileiras, entre elas o presidente, sejam investigadas por genocídio”

A jurista Deisy Ventura, especialista na relação entre pandemias e direito internacional, afirma que há todos os elementos necessários à tipificação de crimes contra a humanidade na resposta do governo brasileiro à covid-19: intenção, plano e ataque sistemático

Tribuna

#liberteofuturo

Por que nos juntamos num movimento global de resgate do presente

Pandemia de coronavírus

Mães Yanomami imploram pelos corpos de seus bebês

A indignidade com que os indígenas são tratados na pandemia de covid-19 abriu um novo e pavoroso capítulo de violação dos direitos dos povos originários pelo Estado brasileiro

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

Os manifestos estão brancos demais

A classe média progressista precisa compreender que, sem enfrentar o racismo estrutural do Brasil, não há “pacto civilizatório” possível nem há democracia

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

Tirem os joelhos brancos dos pescoços negros

Sem exterminar o racismo, não se poderá superar nem a covid-19 nem a crise climática

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

Brasil sofre de fetiche da farda

Sem superar os traumas da ditadura, parte das instituições e da imprensa se comporta como refém diante do governo militar liderado por Bolsonaro, demonstrando subserviência e alienação dos fatos

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O nojo

É isso que diremos aos nossos filhos, que vamos esperar passivamente Bolsonaro nos matar a todos?

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O Brasil está matando o Brasil

Governado por um maníaco e com as mortes se multiplicando, o país se torna uma ameaça para os vizinhos

Suicídios

A cidade que mata o futuro: em 2020, Altamira enfrenta um aumento avassalador de suicídios de adolescentes

Nos quatro primeiros meses do ano, o número de pessoas que tiraram a própria vida na cidade mais violenta da Amazônia já é quase o triplo da média anual do Brasil

Pandemia de coronavírus

Simon e Kerry: o amor em tempos de coronavírus

Eles arriscaram tudo para romper o isolamento de suas vidas e a pandemia lançou-os mais uma vez entre paredes

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O futuro pós-coronavírus já está em disputa

Como impedir que o capitalismo, que já nos roubou o presente, nos roube também o amanhã?

Pandemia de coronavírus

O vírus somos nós (ou uma parte de nós)

O futuro está em disputa: pode ser Gênesis ou Apocalipse (ou apenas mais da mesma brutalidade)

Coluna

Por que Bolsonaro tem problemas com furos

Para compreender a brutal misoginia do antipresidente é necessário falar de Cassia e de Dilma

Coluna

O golpe de Bolsonaro está em curso

Já está acontecendo: a hora de lutar pela democracia é agora

Coluna

Precisamos saber quem está no poder

O silenciamento da pessoa-chave para elucidar crimes, que podem estar ligados ao clã Bolsonaro, aprofunda a pergunta mais perigosa da República

VIAGEM À ANTÁRTIDA

9. Um humano novo na fronteira da guerra climática

Deixo o fim do mundo e já me movo para o centro convencida de que para criar futuro precisamos enfrentar o sistema que nos levou ao colapso e nos tornar melhores ainda nesta geração

VIAGEM À ANTÁRTIDA

8. Precisamos falar sobre cocô

No oitavo capítulo do diário de bordo na Antártida, a jornalista mostra como grandes belezas e animais gigantescos dependem de pequenas criaturas, algumas delas com uma cara muito esquisita

VIAGEM À ANTÁRTIDA

7. Deu ruim na humanidade

No sétimo capítulo do diário de bordo na Antártida, a jornalista observa uma colônia de animais humanos endinheirados em estado de total negação da realidade

VIAGEM À ANTÁRTIDA

6. Acampando em outro planeta

Acampamos numa ilha na Antártida onde não existe registro de que alguém tenha dormido antes. Como típica humana tive dois pensamento reativos. “Ai! Estamos incomodando os pinguins”. E, o segundo: “Por que teria alguma importância sermos os primeiros?”, conta a jornalista em seu sexto relato de expedição na Antártida

Viagem à Antártida

5. O som da Antártida

Sabemos o quanto os motores dos navios, barcos e botes poluem os mares. Há ainda os sonares militares. A contaminação sonora confunde a comunicação das baleias, assim como o seu senso de direção, relata a jornalista em expedição no continente gelado

VIAGEM À ANTÁRTIDA

Quase dentro da boca da baleia

Cada um no Arctic Sunrise tem uma história grande. É quase um navio de batalha por boas causas do mundo. Mas ninguém ali poderia imaginar que um dia enxergaria a garganta de uma jubarte, conta a jornalista em seu quarto relato de expedição na Antártida

VIAGEM À ANTÁRTIDA

Do centro do mundo ao fim do mundo

O que significa partir da maior floresta tropical do planeta rumo à Antártida? É o que Eliane Brum conta em um diário a bordo de um navio do Greenpeace que zarpou neste sábado

Viagem à Antártida

Temos o direito de estar aqui?

Sabe quando você está entrando na casa dos outros sem pedir licença? Em seu terceiro relato enviado da Antártida, a jornalista escreve sobre o incômodo de pisar na morada, ainda pouco explorada, dos pinguins

Viagem à Antártida

2. É luz demais

No segundo relato enviado da Antártida, Eliane Brum narra o sentimento de “maravilhamento” que tomou conta dela ao entrar em um território livre de carimbos: “Sentia saudade de chorar pela beleza. Chegando na Antártida, eu chorei e chorei”

VIAGEM À ANTÁRTIDA

1. Há aliens embaixo da sola dos meus sapatos?

O que significa partir da maior floresta tropical do planeta rumo à Antártida? É o que Eliane Brum conta em um diário a bordo de um navio do Greenpeace que zarpou neste sábado

Coluna

Os cúmplices

Em 2020, cada um saberá quem é diante de uma realidade que exige coragem para enfrentar e coragem para perder