Tribuna
i

Dunga, um simpatizante dos governos militares no clube da Democracia Corinthiana

Há 35 anos, o ex-capitão da seleção defendia o Corinthians ao lado dos democratas Casagrande e Wladimir. Adepto do bolsonarismo, hoje ele tem seu nome cotado para treinar o clube

Dunga tinha 21 anos quando foi contratado pelo Corinthians.
Dunga tinha 21 anos quando foi contratado pelo Corinthians.Arquivo Pessoal /

Antes de se tornar “capitão do tetra”, o gaúcho Carlos Caetano Bledorn Verri, mais conhecido pelo apelido de Dunga, iniciou a carreira como jogador no Internacional e, pelo destaque na seleção de juniores, foi contratado em 1984 para jogar no time mais popular de São Paulo. Era a reta final da Democracia Corinthiana, movimento criado dentro do clube na esteira das Diretas Já, a manifestação popular que reivindicava o...

Mais informações