Libertação de três militares sequestrados pelo ELN em Arauca, em setembro de 2018.

Última guerrilha da Colômbia desafia o Governo com uma “greve armada”

Governo de Iván Duque se declara em alerta militar enquanto o país debate como enfrentar o ELN

O povo indígena Tumbalalá, na Terra Indígena Tupinambá de Olivença.

Governo Bolsonaro manobra para travar a demarcação de terras indígenas no Brasil

MP vê “política estruturada” para atrasar demarcações com pedidos de reanálise dos casos e mudanças de funcionários responsáveís pelos estudos para delimitar territórios. Indigenistas temem mais conflitos

A bandeira com a cruz gamada hindu tremula no grande encontro de peregrinação (kumbh mela) Simhasth, na cidade de Ujjain, em Madhya Pradesh (Índia). No hinduísmo, a suástica representa a ideia de deus, Brama. Se gira para a direita (em sentido horário, como a nazista), simboliza a evolução do universo encarnada pelo deus criador Brama. Por outro lado, no sentido anti-horário representa a involução do universo, obra do deus destruidor Shiva. Os círculos correspondem aos quatro pontos cardeais, símbolo de estabilidade.

Por que teremos que nos acostumar a ver suásticas na próxima Olimpíada

Um monge budista nos Estados Unidos está há anos tentando resgatar a cruz gamada das mãos das forças do ódio para lhe devolver seu significado original. Enquanto isso, que visitar o Japão neste ano receberá mapas com esse emblema repetido por toda a sua geografia

Imagem de '1917'.

‘1917’: O virtuosismo filmando a angústia e o medo

Sam Mendes, para transmitir esta história de medo, lama e sujeira, inventou uma impressionante linguagem com sua câmera.

O presidente chinês, Xi Jinping, cumprimenta marinheiros no porto de Sanya, na província meridional de Hainan, em 17 de dezembro.

Expansão da Marinha chinesa coloca os EUA em alerta

Ambição de Pequim em dominar o Pacífico inquieta Washington, enquanto o país asiático aumenta em 130% seu investimento militar em uma década

Exumação de supostas vítimas de execuções extrajudiciais no cemitério de Dabeiba, no Departamento de Antioquia.

Colômbia enfrenta a exumação de 200.000 corpos não identificados

O Instituto de Medicina Legal afirma que as investigações da Justiça determinarão os casos de execuções extrajudiciais

Imagem dos trabalhos de desativação da bomba em Brindisi (Itália).

Uma bomba da Segunda Guerra Mundial provoca a evacuação de 54.000 pessoas na Itália

A desativação do artefato de 500 quilos fez com que dois terços dos moradores de Brindisi tivessem que abandonar suas casas na maior operação deste tipo no país em tempos de paz

O presidente Donald Trump.

A política externa de Trump perde o norte na América Latina

Falta de uma estratégia para a região e decisões erráticas e guiadas por interesses partidários marcam a gestão do presidente norte-americano

A polícia boliviana detém uma manifestante em La Paz em 21 de novembro.

Governo da Bolívia anula o decreto que permitia aos militares reprimir os protestos

Negociações com os manifestantes conseguem a suspensão da ordem, sob a qual foram cometidos pelos menos dois atos graves de repressão que deixaram 19 mortos

Serge e Beate Klarsfeld, em Paris.

Os Klarsfeld: o casal que caça nazistas há meio século

Desde que a paixão uniu suas vidas no metrô de Paris numa tarde de 1960, Serge e Beate Klarsfeld se dedicam a três coisas: amar-se, discutir e seguir a pista dos piores criminosos nazistas foragidos ou escondidos após a II Guerra Mundial

Eduardo Stein em uma visita a uma unidade de atendimento de imigrantes venezuelanos em Cúcuta, Colômbia, em outubro de 2018.

“Venezuela superaria em 2020 o fenômeno migratório sírio”

Eduardo Stein, representante especial do ACNUR e da Organização Internacional para as Migrações para os refugiados venezuelanos, projeta que haverá 6,4 milhões de imigrantes desse país no final do próximo ano

Homem segura um chapéu com as iniciais de Adolf Hitler antes de ir a leilão em Grasbrunn, sul da Alemanha.

Leilão de objetos pessoais de Hitler na Alemanha causa indignação na comunidade judaica

Uma suposta cartola do genocida nazista e um vestido de sua amante, Eva Braun, são vendidos na Baviera

Polícia ameaça uso de “balas reais” para conter as revoltas de Hong Kong

Apoiadores de Evo Morales fazem vigília por homem morto durante protestos em Sacaba

ONU denuncia “ações repressivas” em protestos na Bolívia que deixaram ao menos 23 mortos

Michelle Bachelet alerta que a ação das autoridades pode frustrar o diálogo. Governo interino assina decreto em que isenta as Forças Armadas e policiais de responsabilidades criminais durante o controle dos protestos

O Muro de Berlim

Graças à queda daquela muralha e do que ela representava, a Alemanha, a Europa e o mundo inteiro estão melhor que nos tempos em que a URSS e seus satélites pareciam avançar sobre o restante do continente

Soldados norte-americanos no Afeganistão, em 2015.

Trump aprova indultos polêmicos a militares por casos de crimes de guerra

“Treinamos nossos garotos para serem máquinas de matar e depois os processamos quando matam!”, disse o presidente dos EUA em outubro, se referindo a um dos casos

À esquerda, Adolf Hitler em 1889. À direita, retratado em uma data indeterminada dos anos trinta do século passado.

Quando os tiranos do século XX usavam fraldas

Hitler, Stálin, Pol Pot, Mao e Franco chegaram à idade adulta com personalidades afetadas por frustrações, traumas e danos psicológicos infantis

Jeanine Añez, senadora e líder da oposição, em uma coletiva depois da saída de Morales do país.

A senadora Jeanine Áñez assume a presidência da Bolívia sem quórum no Parlamento

A segunda vice-presidenta do Senado recebe apoio dos partidos da oposição enquanto dois terços da Câmara, fiéis a Evo Morales, rejeitam a sucessão. Brasil reconhece nova presidenta

Policiais chilenos fazem a segurança de um supermercado fechado pelos protestos em Santiago.

Chile decide enterrar a Constituição herdada da ditadura de Pinochet

Empurrado pela crise social e política, o conservador Sebastián Piñera se abre à possibilidade de um Congresso constituinte

Pintada na cara ocidental do muro, vigiado por soldados orientais, em novembro de 1989.

Muro de Berlim, a ferida identitária que golpeia a Alemanha

Três décadas depois, a queda do muro e a reunificação alemã escrevem uma história de sucesso extraordinária que contrasta com o sentimento de frustração e o desejo identitário de muitos cidadãos do Leste, do qual se alimenta a ultradireita

Una multitud coloca flores en el Memorial del Muro, este sábado.

30º aniversário da queda do muro de Berlim, em imagens

O ex-presidente soviético durante visita a um antigo posto fronteiriço do muro de Berlim, em 2014.

Mikhail Gorbachov: “Que o futuro não lhes escape”

Primeiro e único presidente da URSS defende a necessidade de consolidar a sociedade e manter a luta pelo desarmamento nuclear

Uma mulher, que está do lado ocidental, olha através do muro de Berlim.

Trinta anos sem o muro de Berlim, a anatomia de um acidente da história

Um dirigente do partido comunista anunciou à imprensa uma nova normativa que permitiria viajar de maneira controlada a partir do Leste. Ele desconhecia os detalhes da lei e improvisou, precipitando a queda do muro

Celebração junto ao muro de Berlim em novembro de 1989.No vídeo, a noite que caiu o muro.

O triunfo ocidental em 1989 incubou as turbulências de 2019

A queda do muro de Berlim atestou a vitória das democracias liberais, mas também o prólogo de sua crise trinta anos depois

Captura de vídeo que mostra o ataque de forças especiais dos EUA à casa de Al Bagdadi, em 26 de outubro.

Como foi encontrado o esconderijo de Al Bagdadi

Líder do EI mudava de residência constantemente, mas a derrota de seu grupo no leste da Síria o obrigou a realizar uma viagem que acabou por deixá-lo a descoberto