Bolívia

Responsável pelo milagre econômico da Bolívia, Arce deve apostar na indústria do lítio para conter crise

Ministro que geriu a bonança das matérias-primas no Governo Evo Morales pretende impulsionar indústrias estratégicas e criar novo imposto para grandes fortunas

Pandemia de coronavírus

FMI defende aumento de impostos aos mais ricos e às empresas lucrativas para pagar a conta da crise

Chefe do Departamento de Finanças Públicas do Fundo recomenda destinar os recursos para a saúde e a proteção social em uma pandemia que afetou “de maneira desproporcional” os mais pobres

Pandemia de coronavírus

FMI melhora previsão econômica para o Brasil em 2020, mas estima recuperação mais lenta

Segundo instituição, queda no PIB nacional deve ser de 5,8% este ano, frente à projeção anterior de 9,1%; economia deve crescer menos que o antecipado em 2021

ENTREVISTA | DAVID MALPASS

Presidente do Banco Mundial: “A crise deve ser vista como depressão econômica. A dúvida é quanto vai durar”

David Malpass centra sua preocupação nos países emergentes que, diferentemente de 2008, desta vez são o elo mais fraco. América Latina também acende alerta: “Estará entre as regiões mais afetadas”

Piketty: “A política monetária pode ser parte da solução, mas não toda”

Economista francês aponta a desigualdade resultante das receitas ultraexpansivas dos bancos centrais e prega impostos sobre os mais ricos para pagar a fatura do coronavírus

Pandemia de coronavírus

José Antonio Ocampo: “Nenhum país está envolvido em ajudar as pequenas empresas na América Latina”

O ex-secretário executivo da Cepal e professor da Universidade Columbia critica a passividade do continente em relação ao setor que ele define como o mais urgente na pandemia, juntamente com o apoio às famílias

Argentina

Negociar com o FMI e estabilizar a economia, os próximos desafios da Argentina

Acordo com credores privados reduz a pressão sobre o câmbio, mas o país ainda precisa enfrentar negociações delicadas e os desequilíbrios fiscal e monetário

Argentina anuncia acordo com credores para reestruturar dívida externa e sair da moratória

Pacto é a primeira grande vitória política de Alberto Fernández e representa uma economia de cerca de 30 bilhões de dólares

Argentina

Argentina assume “default suave” e prorroga negociações com credores até 2 de junho

Governo deixará de pagar uma parcela de 503 milhões de dólares nesta sexta-feira

Pandemia de coronavírus

Magnitude da crise empurra vários bancos centrais latino-americanos para território desconhecido

Colômbia e Chile adotam programas modestos de injeção de liquidez através da compra de dívida. Brasil já tem autorização do Congresso para fazer o mesmo. Não se comparam em volume aos da Europa e EUA, mas são uma opção

Crise no Líbano

Líbano, retrato de uma revolução

Desigualdade, corrupção e o entrave das elites sectárias incrustadas no poder desencadearam uma onda de protestos que já dura cinco meses e da qual participa quem não tem nada a perder

Buenos Aires se rende aos credores e pagará dívida para evitar moratória

Governador Kicillof fracassa na tentativa de adiar para maio um vencimento de 250 milhões de dólares

Crise na Argentina

Argentina vive sob o temor de uma novo colapso na economia

Favorito nas eleições, presidenciável peronista Alberto Fernández diz que a Argentina está em “moratória virtual”, enquanto os bancos deverão pedir autorização para enviar seus lucros ao exterior. Milhares saem às ruas para protestar

Medo de recessão derruba Bolsas pelo mundo e BC do Brasil anuncia venda de dólares

Índice Dow Jones recua 3% e a curva dos títulos norte-americanos se inverte pela primeira vez desde a crise financeira, mais um sinal de desaceleração econômica

Investidores priorizam títulos da dívida e ouro por medo da tensão entre EUA e China

Guerra comercial, reduções de taxas de câmbio e dados ruins da Alemanha estimulam pessimismo sobre a economia mundial

Déficit Público

Bomba da dívida mundial ameaça explodir

Um nível de endividamento jamais visto desde a Segunda Guerra Mundial ameaça inocular o veneno da próxima crise

FMI: mundo vive risco de recaída ao cenário da crise de 2009 com escalada da dívida global

Fundo detecta sinais parecidos aos da gestação da crise financeira, com o planeta 12% mais endividado que naquele ano. China teve 43% do incremento da dívida desde 2007

Calote da dívida na Venezuela agrava a catástrofe econômica

As agências qualificadoras Standard & Poor’s e Fitch rebaixaram para ‘default’ parcial a dívida soberana do país sul-americano depois do não pagamento dos juros de dois bônus

Argentina

Dois anos de Macri: da forte recessão de 2016 à recuperação perto das eleições

Os dados indicam que o presidente chega com um balanço contraditório a seu primeiro desafio eleitoral

Berlusconi propõe moeda paralela na Itália e mercado reage

Declarações foram feitas em meio a um clima anti-europeu cada vez maior no país

Argentina atrai quatro vezes mais dólares ao mercado do que à produção

Pesquisa do Banco Central argentino mostra limites dos efeitos da reabilitação financeira do país

Argentina emite títulos de dívida a 100 anos pela primeira vez em sua história

Macri optou por um endividamento muito forte para sustentar as contas públicas

Editoriais

Completar a união monetária

Propostas de reforma da UEM são razoáveis, mas a chave é o grau de compromisso que Berlim vai querer aceitar

PEC 55: só 33% dizem conhecer texto, aprovado pelo Senado

Mesmo contra as cordas, Temer deve aprovar congelamento dos gastos públicos por até 20 anos Leia aqui um guia com os principais pontos da discussão e com argumentos contra e a favor

governo temer

PEC 55 é aprovada no Senado em primeiro turno

Senadores aprovam o texto base da PEC que limita o teto de gastos públicos

Resultados Brexit

S&P rebaixa em um degrau a classificação da dívida do Reino Unido por ‘Brexit’

Agência considera muito provável que seja realizado outro referendo de autodeterminação da Escócia

economia brasileira

Temer propõe limitar gastos em Saúde e Educação para deter rombo. Entenda

Presidente interino e Meirelles querem fórmula para que alta do gasto público não supere inflação Medida, não detalhada em anúncio, depende de aprovação de dois terços do Congresso