Imigração latino-americana

A economia da saudade

Começam como um pequeno contrabando nas malas de parentes de expatriados, até virarem produtos de exportação, empreendimentos ou fenômenos transnacionais por obra da migração e da saudade de um sabor específico: doces da infância, empanadas picantes, refrigerantes, farinha de milho, pão de queijo congelado. É o negócio do paladar sentimental