Tribuna
i

Censura a Carol Solberg reflete esporte reacionário e refém do poder

Advertida por manifestação política contra Bolsonaro, jogadora de vôlei foi alvo de denúncia e notas de repúdio, ao contrário de atletas que apoiam o presidente

Carol Solberg gritou “Fora Bolsonaro” após uma partida de vôlei de praia.
Carol Solberg gritou “Fora Bolsonaro” após uma partida de vôlei de praia.Reprodução

Não há comemoração possível diante do resultado do julgamento de Carol Solberg. Na terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do Vôlei advertiu a atleta por ter gritado “Fora Bolsonaro” ao vivo, na televisão, depois de conquistar uma medalha. Evidentemente que a advertência soa menos rigorosa que uma suspensão...

Mais informações