Manuel Mirat | DIRETOR-EXECUTIVO DO PRISA E PRESIDENTE DO EL PAÍS

“A sociedade precisa de bom jornalismo e educação de qualidade”

CEO do Grupo PRISA aposta em “diversificar receitas” para garantir independência

Atentado em Londres

“Vi três pessoas saírem voando”. Como me salvei no atentado de Londres

O espanhol Manuel Labrado, testemunha do ataque por causa de um curioso passatempo, conta como viu o terrorista atropelar as pessoas a poucos metros de onde estava

Entrevista ao copresidente da Fundação Bill & Melinda Gates
Cúpula do FMI

Desastre na Venezuela: inflação de 200% e queda do PIB de 10%

FMI acredita que os preços se multiplicarão por oito em apenas dois anos

bem-estar

O dinheiro traz felicidade sim, segundo uma pesquisa oficial britânica

O Escritório Nacional de Estatísticas do Reino Unido concluiu que a felicidade e o bem-estar aumentam com a riqueza

Crise na Venezuela

Bolívar venezuelano já vale só 1% do que diz o câmbio oficial

As empresas estrangeiras se verão forçadas a fazer novos ajustes em suas contas

Zimbábue diz adeus às notas de 100.000.000.000.000 de dólares

País tira moeda de circulação e dará 5 dólares dos EUA por 175 quatrilhões zimbabuanos

A Mediaset recompra do PRISA 8,5% do seu próprio capital

O grupo que edita o EL PAÍS destinará os 919 milhões de reais levantados à recompra de dívida

O grupo PRISA abre uma nova etapa

O empresário mexicano Roberto Alcántara investe quase 300 milhões de reais no grupo José Luis Sainz substitui Fernando Abril-Martorell em suas tarefas executivas

O grupo PRISA assina a venda de 56% do Canal+ para a Telefónica por 2,3 bilhões

A empresa, à qual pertence o EL PAÍS, consegue um preço final que supera em 77 milhões de reais o pactuado inicialmente

MERCADO FINANCEIRO

A Standard & Poor’s aumenta a nota espanhola devido à melhora econômica

A agência prevê um crescimento médio anual de 1,6% entre 2014 e 2016 Seus analistas melhoram a classificação da Espanha em um nível, para BBB

A Repsol arrecada 6,309 bilhões de dólares com a sua saída definitiva da YPF

A petroleira espanhola vende a participação que ainda tinha e liquida os últimos bônus argentinos

FIM DO CONFLITO COM A ARGENTINA

Repsol obtém mais de 6 bilhões de dólares pelos títulos e ações da YPF

A empresa liquida quase toda a carteira de dívida argentina da indenização

Repsol vende de uma só vez a maior parte dos títulos argentinos recebidos pela YPF

Empresa vendeu todo o título Bonar 24 e embolsou 2,813 bilhões de dólares

A Apple recebe a sua nova diretora de varejo com 151 milhões de reais em ações

A executiva Angela Ahrendts terá direito a receber 113.334 títulos em quatro anos

O Santander lança uma OPA de 14,21 bilhões de reais para filial no Brasil

Propõe pagar em ações com um prêmio de 20% por 25% do capital que não controla A oferta é inferior em 33% ao preço de lançamento das ações do banco em bolsa

O bolívar venezuelano sofre uma nova desvalorização encoberta de 88%

O novo sistema fixa o câmbio em 51,86 bolívares por dólar, enquanto o oficial é de 6,3

telefônica

Telefónica adverte do risco de desvalorização na Argentina e Venezuela

O grupo também alerta sobre os limites de rentabilidade impostos por Caracas

Alierta ganhou 23,7 milhões de reais em 2013 por presidir a Telefónica

Álvarez Pallete recebeu 13,7 milhões, e Fernández Valbuena ficou com 9,4 milhões A companhia tem 55 diretores blindados com até quatro bônus anuais

A Telefónica da Espanha vira a filial com o maior faturamento do grupo

A Telefónica Internacional aumentou 164% seus ganhos e triplicou o valor pago à matriz para 4,5 bilhões

Brasileiros se interessam pela aquisição de edifício emblemático de Madri

Também estão na disputa pelo Edifício España o homem mais rico da China e mexicanos As ofertas ainda não foram apresentadas ao Santander

As letras pequenas do acordo entre a Repsol e a Argentina sobre YPF

A companhia espanhola se compromete a retirar 28 pleitos em um contrato com mais de 120 páginas Em caso de descumprimento da indenização, a arbitragem será em Paris Buenos Aires poderá recomprar bônus nas condições em que a Repsol os coloque no mercado

resultados da telefônica

A desvalorização encoberta na Venezuela custa 5,74 bilhões de reais à Telefónica

A empresa sofre outra perda de patrimônio com o novo regime cambial de Maduro As depreciações do bolívar custam mais de 14,65 bilhões de reais ao grupo em quatro anos

Litígios fiscais da Telefónica no Brasil chegam a 6,46 bilhões de reais

Telefónica tem em jogo ainda o equivalente a 1,08 bilhão de reais em ações por impostos no Peru

Alierta reorganiza a cúpula da Telefónica

O executivo-chefe Álvarez Pallete ganha mais poderes com a reestruturação Os centros corporativos de São Paulo e Londres serão fechados

fim do conflito

Repsol aprova o acordo com a Argentina pela expropriação da YPF

O pacto blinda a cobrança de 5 bilhões de dólares de indenização A Junta da Repsol e o Congresso argentino deverão ratificar o acordo

debate do estado da nação

Uma recuperação contra o relógio

O desafio de Rajoy é que a melhoria econômica seja notada na rua antes do fim da legislatura