Seleccione Edição
Login

Que o Brasil não brinque com fogo

Uma parte deste continente latino-americano está em chamas, com graves convulsões sociais. Há quem acredite ou espere que, depois do Chile tomado por manifestações de protesto contra o Governo, chegará a hora também de o Brasil sair às ruas para protestar “contra tudo o que está aí”

Fotos

Uma rica biodiversidade ameaçada

O Parque Nacional Marítimo de Abrolhos, que concentra a maior biodiversidade do Atlântico Sul, teme ficar ainda mais vulnerável aos riscos ambientais pela oferta de quatro blocos para exploração de petróleo a 130 quilômetros de seu banco de corais. O Governo pretende vender os blocos mesmo contrariando laudos técnicos do Ibama e recomendações do Ministério Público. A esperança de ambientalistas e das comunidades locais é de que as empresas decidam não comprar os lotes diante da insegurança jurídica que os cerca. Mesmo que sejam vendidos, a exploração dos blocos precede de decisão judicial e licenciamento ambiental para acontecer.