O almirante Ilques Barbosa Junior, em janeiro.

Comandante da Marinha diz que Brasil precisa de dois bilhões de reais para evitar novos desastres no mar

Almirante Ilques Barbosa Júnior afirma que vai até “falar com o diabo” para encontrar os responsáveis pelo derramamento de óleo pela costa do Nordeste. Crise fiscal é entrave para sistema de monitoramento

Voluntários se mobilizam para limpar a praia de Itapuama, em Cabo de Santo Agostinho (PE).

O trabalho quase impossível de se limpar com as mãos as praias contaminadas por óleo do Nordeste

Na praia de Itapuama, em Cabo de Santo Agostinho, centenas de voluntários tentam reduzir os danos do misterioso vazamento que já atinge praias de 201 localidades em nove Estados

Sérgio Gonçalves de Araújo, sogro do músico Evaldo Rosa, que foi fuzilado pelo Exército em abril.

“Eu queria que os soldados do Exército fossem a júri popular”

Cinco meses após o fuzilamento de Evaldo Rosa pelo Exército, seu sogro, que também foi atingido, conta à Pública por que não acredita na Justiça Militar

Sergio Moro, Jair Bolsonaro e General Heleno no desfile de 7 de setembro.

Bolsonaro rebate onda impopular com Moro, Edir Macedo e Silvio Santos em desfile

Presidente aproveita ato de 7 de setembro para espantar momento crítico de aprovação abaixo dos 30% e de atritos com ministro da Justiça. Ato isolou opositores e seguiu protocolo, embora presidente tenha caminhado entre o público

Grupo de mães protestam no centro de Goiânia, no dia 20 de maio.

As mães ‘órfãs’ de filhos que o Estado levou

Em plena democracia, policiais matam cidadãos e não assumem a responsabilidade pelo crime, muitas vezes acusando a vítima. Mães se unem para dar visibilidade a seus filhos mortos e cobrar a dignidade de terem a memória deles reparada

Ativista mostra imagem de rapaz vítima da violência do Estado.

Barbárie em tempos democráticos: por que o Estado é responsável por tantas mortes

Especialistas ouvidos pelo EL PAÍS explicam por que depois da Constituição de 1988 a violência aumentou no Brasil e como o poder público é parte do problema

Maleta com a cocaína encontrada com o militar da comitiva de Bolsonaro.

A cocaína que viajava no avião da comitiva de Bolsonaro

EL PAÍS obtém imagem exclusiva da bagagem que continha 39 quilos de droga que foi levada a Sevilha por um sargento. Presidente anuncia envio de equipe à Espanha

Blindado do Exército na Maré.

Justiça Militar investiga civis por desacato, mas poupa soldados que matam

Levantamento inédito da Agência Pública mostra que 144 civis responderam por crimes militares como desobediência e desacato durante Operações de Garantia da Lei e da Ordem

Bolsonaro, antes de embarcar rumo ao Japão.

39 quilos de cocaína constrangem o Governo Bolsonaro

Prisão de sargento flagrado com droga na Espanha vira notícia internacional e meme e pressiona Aeronáutica e Planalto por falha em segurança de comitiva presidencial

Momento em que militar da comitiva do presidente Bolsonaro é levado ao tribunal em Sevilha.

Militar que levava 39 quilos de cocaína em mala de mão dentro avião da FAB será investigado na Espanha

País investiga qual destino final da droga, descoberta em mala de mão durante escala do avião reserva da Presidência em Sevilha

O presidente em exercício, Hamilton Mourão.

“É uma mula qualificada”, diz Mourão sobre sargento preso na Espanha com drogas

O presidente em exercício avalia que existem outros envolvidos no tráfico de 39 quilos de cocaína em avião da FAB

Um grupo de militares diante de um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), em uma imagem de arquivo.

Militar brasileiro é detido com droga no aeroporto de Sevilha, na Espanha

Segundo o jornal 'O Estado de S. Paulo', sargento estava na comitiva oficial do presidente Jair Bolsonaro que viaja rumo ao Japão

O general Santos Curz, ex-ministro da Secretaria de Governo de Bolsonaro.

General Santos Cruz é demitido e vira terceiro ministro a deixar o Governo Bolsonaro

Militar comandava a Secretaria de Governo do Planalto e era alvo de ataques de Olavo de Carvalho e de Carlos, filho do presidente. Cruz será substituído por outro militar

O carro de Evaldo dos Santos Rosa, após ser atingido por mais de 80 tiros, no domingo de 7 de abril.

Tribunal manda soltar 9 militares que mataram músico e catador no Rio

Decisão foi do Superior Tribunal Militar. Agentes já são réus pelos crimes que serão julgados pela Justiça Militar, sob crítica de especialistas

Willian Pina Botelho, que usava o nome falso de Balta Nunes, durante depoimento em Manaus (AM), em junho de 2018.

Militar que espionou manifestantes e ativistas se livra de investigação federal

Procurador de São Paulo pretendia denunciar major, que usou nome de falso e até Tinder para se infiltrar, por falsidade ideológica e usurpação de função pública, mas tribunal arquivou investigação

Enterro de um dos sete homens que morreram no Salgueiro, São Gonçalo, durante uma operação da Policia Civil e do Exército.

Chacina no Rio que pôs o Exército sob suspeita teve investigações arquivadas

Operação conjunta da Polícia Civil e do Exército no Complexo do Salgueiro terminou com oito mortos em novembro de 2017. Investigação militar não ouviu sequer sobreviventes e familiares de vítimas

Manifestantes levam bandeiras do Brasil sujas de tinta vermelha em protesto no cemitério Ricardo de Albuquerque. no Rio, no último dia 10, contra a ação do Exército que causou duas mortes.

Catador é a segunda vítima da ação do Exército que disparou 80 tiros contra carro de família no Rio

Luciano Macedo foi atingido na mesma ação que matou o músico Evaldo Rosa dos Santos, no último dia 7. Ele tentou socorrer a família que estava no veículo. Catador deixa a esposa, grávida de cinco meses

A viúva do músico Evaldo dos Santos Rosa durante seu funeral na quarta-feira no Rio de Janeiro

80 tiros contra família acendem o debate sobre racismo e responsabilidade do Exército

Ao lamentar o que chamou de "incidente", Bolsonaro diz que "responsável vai aparecer", mas descarta chamar Exército de assassino. “O Exército não matou ninguém não"

Luciana Nogueira, esposa de Evaldo Rosa dos Santos, no enterro do marido. Amigos do músico protestaram com bandeiras do Brasil manchadas de vermelho

Parentes se despedem de músico metralhado por militares com protesto em quartel no Rio

Justiça mantém prisão de nove dos dez militares que atuaram na ação que matou Evaldo Rosa. Após dois dias de silêncio, integrantes do Governo comentam o caso.

Luciana dos Santos, mulher de Evaldo, chora na zona oeste no Rio.

80 tiros e o risco da impunidade no Rio de Janeiro

Morte de músico no Rio reacende campanha para que militares respondam por crimes na Justiça comum. "Tudo isso junto com governantes que dizem que pode reagir e atirar. Há um impulsionamento que pode agravar esses casos", diz diretor da ONG Conectas

Moradores e militares no local onde Evaldo dos Santos Rosa foi morto, em Guadalupe, Rio de Janeiro.

O Exército não pode voltar a sujar as mãos matando inocentes na rua

Está sendo criado um clima, com o pretexto de exterminar a violência urbana, de que vale tudo, que nenhuma vida deve ser poupada se isso contribuir para a eliminação do perigo

Exército dispara 80 tiros contra carro e mata músico de 51 anos no Rio

Vídeos mostram barulho dos disparos partindo do veículo do Exército e a revolta de moradores em Guadalupe, zona norte do Rio: “Eles nem esperaram, eles mataram o meu esposo”

Araújo em frente ao seu quadro favorito, 'A caça às raposas'

“Não me arrependo de nada”

Procurador do caso Herzog que acobertou torturadores e pediu pena de morte para militantes, Durval Ayrton Moura de Araújo, de 99 anos, conversa com o EL PAÍS

Bolsonaro conversa com generais durante formatura militar.

Bolsonaro escancara cadáver insepulto da ditadura com celebração do golpe

Com medida simbólica, presidente determinou que Forças Armadas façam "comemorações devidas" da data

Paulo Marcos Ferreira Lima, coordenador do Núcleo de Combate aos Crimes Cibernéticos do Ministério Público do Estado de São Paulo

Após massacre de Suzano, Exército deve ajudar MP a combater crimes e terrorismo organizados na deep web

Ação ocorrerá na esteira do atentado na escola, que teria sido organizado em fóruns radicais da web. Autor do ataque na Nova Zelândia também era usuário dos chamados 'chans' na internet

O presidente Jair Bolsonaro em evento no Rio.

Bolsonaro: “Democracia só existe quando suas Forças Armadas assim o querem”

Vice-presidente Mourão afirma que o presidente foi "mal interpretado". Analista de mercado diz que sequência de declarações de mandatário são lidas como mal sinal sobre Governo

Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão, em Brasília, no dia 13 de fevereiro

Com Mourão à frente, Governo Bolsonaro é cada vez mais tutelado por militares

Vice-presidente vai à Colômbia tratar de Venezuela, e faz contraponto a Ernesto Araújo. Para historiador, maior presença de oficiais deixa limite entre Governo e Forças Armadas difuso aos olhos da sociedade