STF tem cinco votos para liberar compartilhamento de dados do Coaf com o MP

Até o momento apenas Dias Toffoli votou por reduzir o acesso ao material da Receita. Julgamento continua quinta-feira

Supremo Tribunal Federal
O ministro Marco Aurélio votou contra a prisão em segunda instância, na sessão desta quarta-feira no STF.

STF reage a “delinquentes digitais” e caminhoneiros que pressionam por regra mais dura para prisões

Supremo, alvo de críticas de caminhoneiros e de grupos nas redes, avança em julgamento que pode afetar Lula. Placar, por ora, é de 3 a 1 a favor de prisão após segunda instância. Sessão será retomada nesta quinta

Crítica
Manifestantes ocupam a frente do STF após decisão do ministro Marco Aurélio Mello que mandou soltar todos os condenados em segunda instância, no dia 19 de dezembro de 2018. A decisão seria suspensa pelo presidente do Supremo, Antonio Dias Toffoli.

O decano do STF que comia ‘junk food’

Parece impossível ler Os Onze sem buscar os detalhes da vida íntima dos ministros do Supremo, mas o livro de Felipe Recondo e Luiz Weber oferece bem mais do que isso

O advogado de defesa Cristiano Zanin defende a soltura do ex-presidente Lula, durante a sessão da Segunda Turma do STF nesta terça-feira.

Segunda turma do STF rejeita pedidos para soltar Lula

Maioria da segunda turma do Supremo rejeita proposta de Gilmar Mendes de colocar o ex-presidente em liberdade até que se vote suspeição de Moro em um julgamento futuro

Gilmar Mendes, nesta terça durante julgamento da Segunda Turma do STF.

STF dribla, por enquanto, o “ônus” de libertar Lula

Na análise de Davi Tangerino, professor de Direito da FGV, Gilmar Mendes atuou para dividir a pressão de pautar julgamento. Holofotes seguem sobre o decano Celso de Mello

Julgamento no STF sobre a criminalização da homofobia
Ministros durante a sessão do STF desta quinta-feira.

STF interrompe julgamento com quatro votos a favor de criminalizar homofobia

Relatores Edson Fachin e Celso de Mello votam por equiparar homofobia ao racismo e são acompanhados por Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso

Julgamento no STF sobre a criminalização da homofobia
Ministro Celso de Mello, relator de uma das ações que pedem a criminalização da homofobia, na sessão extraordinária nesta quinta-feira.

O voto de Celso de Mello no julgamento sobre criminalização da LGBTfobia em cinco frases

Relator não conclui voto e julgamento de ações que pedem a criminalização da LGBTfobia será retomado na próxima quarta-feira, 20 de fevereiro, no plenário do Supremo

Supremo Tribunal Federal
A procuradora-geral, Raquel Dodge, e o presidente do STF, Dias Toffoli.

Maioria do STF apoia indulto de Natal de Temer, mas guerra de manobras bloqueia desfecho

Procuradoria Geral da República havia pedido suspensão do decreto por favorecer crimes de colarinho branco . Ministro Fux pediu vistas do caso e situação fica congelada até discussão final

Manifestante em frente ao STF no dia 17.

Decisão sobre Lula expõe volatilidade do STF e submete Lava Jato a incertezas

Advogados do ex-presidente aproveitam veredito do STF para pedir que Moro envie todo o processo para São Paulo. Há insegurança jurídica. É o oposto do que deveria fazer o STF , diz procurador

Coluna
Protestos contra a caravana de Lula no sul do Brasil.

Me chamo Democracia e peço socorro no Brasil

Uma crônica sobre as balas que mataram Marielle, provocaram a chacina de Maricá e atingiram a caravana de Lula. Votaremos em outubro?

Eleições 2018
O ministro Edson Fachin (à esq.) e o ex-presidente Lula.

Ameaças no STF e tiros a ônibus de Lula colocam Brasil em espiral intimidatória

Ministro Fachin relata ameaças, enquanto tiros atingem ônibus da caravana petista. País vive escalada de tensão às vésperas do julgamento de habeas corpus de Lula

Michael Mohallem | Professor de Direito na Fundação Getúlio Vargas - Rio
O professor Michael Mohallem.

Mohallem: “STF salva Lula ao conceder habeas corpus, mas reforça a imagem de elitismo no sistema”

Para professor de Direito, ministros podem usar sessão do dia 4 para rever prisão após condenação em segunda instância

em direto
Sessão do STF que decide pedido da defesa para evitar prisão de Lula.

STF evita prisão de Lula até 4 de abril

Ministros consideram válido pedido da defesa do ex-presidente, que quer que ele seja preso somente após esgotados todos os recursos. Ainda falta avaliar o mérito da questão. Acompanhe ao vivo

Neymar cumprimenta Gilmar Mendes em junho de 2013, em concentração da seleção brasileira

Gilmar Mendes, o Neymar do Supremo

Hoje, o Brasil tem 210 milhões de presidentes do STF, que sabem exatamente como cada ministro joga — ou como deveriam jogar — e que assuntos devem ser pautados pelo tribunal

Ministro Edson Fachin, em setembro de 2017.

Após novo “não” a Lula, STF deve rediscutir prisão em segunda instância

Ministro Edson Fachin nega pedido de habeas corpus preventivo, mas provoca plenário do Supremo. Presidenta Cármen Lúcia havia dito que rever regra de prisão por Lula seria apequenar a Corte

Plenário do STF, em maio de 2017.

Lava Jato segue emperrada no STF quase três anos após primeira lista de Janot

Do total de 36 denúncias feitas pela Procuradoria-Geral da República no STF, apenas sete se tornaram ações penais

O deputado Paulo Maluf, condenado pelo STF nesta terça-feira.

Fachin, do STF, determina a prisão “imediata” de Paulo Maluf

Deputado federal foi condenado a mais de sete anos de prisão pelo STF em maio deste ano Defesa diz que decisão é arbitrária e que vai recorrer à presidência da corte em janeiro

Eunício conversa com senadores nesta terça.

Senado tenta esfriar crise com STF e adia decisão sobre afastamento de Aécio

Votação foi remarcada para o dia 17 de outubro. Antes, na semana que vem, plenário da Corte deve se decidir sobre polêmico tema da punição a parlamentares

Mariz, advogado de Temer, na tribuna do STF, no dia 13.

STF espera sessão tensa para decidir se provas da JBS contra Temer são válidas

Colegiado retoma o debate com possível estreia na Corte de Raquel Dodge como nova procuradora-geral

Supremo Tribunal Federal
O procurador Rodrigo Janot em evento do Ministério Público, no dia 12.

STF derruba pedido de Temer e mantém Janot à frente de investigações

Nove dos 11 ministros votaram a favor do procurador-geral. Mendes e Barroso não estavam presentes

O empresário Joesley Batista

Por “má-fé”, STF decreta prisão de Joesley e Saud. Delatores da JBS se entregam

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tinha solicitado também a prisão do ex-procurador Marcello Miller, mas Fachin rejeitou a prisão

Rocha Loures, no aeroporto, após ter seu nome citado na delação.

STF manda soltar Rocha Loures, ‘homem da mala’ e ex-assessor de Temer

Ministro Edson Fachin converte prisão preventiva em domiciliar do ex-deputado que foi pego com uma mala com 500.000 reais

O ministro Gilmar Mendes.

Gilmar Mendes ironiza Janot: “Poderíamos pedir o perdão a Fernandinho Beira Mar e Marcola”

O ministro faz no plenário do STF um dos mais duros ataques à Lava Jato, ao MPF e às delações, um dia após jantar com Temer

em direto
O ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin

Maioria do STF vota por manter Fachin como relator das delações da JBS

Por enquanto, sete ministros votaram por manter Fachin na relatoria e defenderam a homologação do acordo com Joesley e Wesley Batista

em direto
Sessão plenária do STF nesta quarta-feira, sobre as delações da JBS.

STF adia decisão sobre validade das delações da JBS para quinta-feira

Até agora dois ministros votaram por manter Fachin na relatoria, e defenderam a homologação do acordo

Michel Temer
O presidente Michel Temer, no último dia 31.

PF conclui que Temer cometeu ato de corrupção e pede mais tempo para apurar

Pedido de prazo dá respiro ao Planalto antes de que Janot faça denúncia contra mandatário. Em meio à crise, presidente faz viagem à Rússia e à Noruega em busca de investidores

Cármen Lúcia, presidente do STF

STF e Planalto batem de frente por suposta espionagem contra Fachin

Revista Veja diz que Temer teria acionado órgão de inteligência para investigar magistrado. No mesmo dia em que foi poupado no TSE, Temer desmente notícia. Presidente da Corte pede apuração e diz que espionagem é própria de ditaduras