Crise política na Bolívia

Bloqueios na Bolívia agravam violência e desabastecimento

Falta de combustível e carne eleva a tensão em La Paz. Pelo menos três pessoas morreram em novos confrontos entre manifestantes e forças de segurança

Crise na Bolívia

Carlos Mesa: “Para a legitimidade deste Governo é crucial a convocação de eleições”

Candidato que enfrentou Evo Morales nas eleições presidenciais da Bolívia rejeita a tese do golpe e diz que a data do novo pleito deveria ser anunciada até domingo que vem

Crise na Bolívia

Bolívia, um país partido em dois

Renúncia e a substituição de Evo Morales precipitam a crise social e política de um país profundamente dividido entre seus seguidores e o Governo interino

Agência Pública

“Na Bolívia, direita religiosa entrou nos protestos de forma oportunista”, diz pesquisadora

Para Sue Iamamoto, governo Morales foi questionado por autoritarismo e se afastar da pauta indígena, mas oposição representada por Camacho é radical e ameaça direitos fundamentais

Crise na Bolívia

Novo Governo ultraconservador da Bolívia procura enterrar herança de Evo Morales

No Gabinete estão políticos como Arturo Murillo, que anunciou a“caça” a um rival. Presidenta interina adverte que Morales enfrentará a justiça caso volte ao país

Crise em Bolívia

Queima de bandeiras indígenas alimenta fratura da Bolívia depois da renúncia de Evo Morales

A 'wiphala', consagrada como símbolo oficial do país durante o primeiro mandato do ex-presidente, foi queimada nas ruas por setores minoritários e radicalizados da oposição

Crise política na Bolívia

A violência nas ruas abala a Bolívia

Militares saem à rua com a polícia para “evitar sangue e luto” e advertem que usarão a força de “forma proporcional” contra o vandalismo

Crise na Bolívia

A senadora Jeanine Áñez assume a presidência da Bolívia sem quórum no Parlamento

A segunda vice-presidenta do Senado recebe apoio dos partidos da oposição enquanto dois terços da Câmara, fiéis a Evo Morales, rejeitam a sucessão. Brasil reconhece nova presidenta

Renúncia de Evo Morales

Crise na Bolívia redobra pressão sobre a OEA

Organismo que encontrou graves irregularidades nas eleições de outubro cobrou escolha de novas autoridades eleitorais, mas não fez menção à forma como o boliviano deixou o poder nem houve crítica aos militares

Crise na Bolívia

A Bolívia como sintoma

Renúncia de Evo Morales é reflexo do esgotamento de um modelo e ao mesmo tempo a preocupante demostração de que o poder na América Latina ainda depende dos militares

Evo Morales e a OEA acordam auditoria que pode alterar resultado da eleição

Os protestos continuam no país e a oposição considera o acordo entre o Governo boliviano e a organização internacional “uma farsa”

Evo Morales fala em golpe e declara estado de emergência na Bolívia

Presidente contra-ataca ante as acusações de fraude que envolvem a questionada contagem dos votos

OEA aceita rever apuração na Bolívia, mas exige que a conclusão seja acatada

Governo solicitou uma auditoria do processo eleitoral à organização, mas ainda não esclareceu se aceitará suas condições

ELEIÇÕES na BOLÍVIA

Atrasos na apuração dos votos geram protestos e acusações de fraude na Bolívia

OEA, União Europeia e EUA criticam o processo eleitoral depois da mudança na tendência dos resultados

Revisão de resultado que dá vitória a Evo Morales põe Bolívia sob tensão

Os dados da contagem rápida, que foram interrompidos por quase um dia, descartam um desempate com Carlos Mesa. A oposição anuncia que não reconhecerá o resultado

Interrupção da apuração multiplica tensão na Bolívia com possibilidade de segundo turno

Redução no apoio a Evo Morales indica uma rodada final de votação contra Carlos Mesa, segundo os resultados provisórios com quase 84% das cédulas apuradas

Resultados preliminares indicam segundo turno na Bolívia

Com mais de 83% das urnas apuradas, Evo Morales aparece com 45,7% dos votos e seu principal adversário, Carlos Mesa, com 37,8%

Bolívia decide entre um quarto mandato de Evo Morales e abrir as portas a uma mudança

País vai às urnas neste domingo com dúvidas sobre um segundo turno e acusações cruzadas