Ao Vivo

Notícias da covid-19 e a política no Brasil | Doria anuncia pré-candidatura à presidência em 2022 e promete mulher na chapa

No anúncio, governador de SP criticou Governo Bolsonaro. Brasil registra 203 novas mortes por covid-19. Pessoas de 18 anos ou mais com baixa imunidade também começam a receber a vacinação adicional na capital. Após Senado devolver MP das ‘fake news’, Governo envia ao Congresso projeto de lei sobre mesmo tema. Siga as últimas notícias

João Doria, em 2018.
João Doria, em 2018.UESLEI MARCELINO / REUTERS
São Paulo / Brasília - 21 set 2021 - 01:30 UTC

Aviso aos leitores: o EL PAÍS mantém abertas as informações essenciais sobre o coronavírus durante a crise. Se você quer apoiar nosso jornalismo, clique aqui para assinar. Para receber gratuitamente nossa newsletter de segunda à sábado ―com reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as informações mais importantes do dia no seu e-mail―, inscreva-se aqui.

O governador do Estado de São Paulo João Doria (PSDB-SP) registrou nesta segunda-feira (20) sua pré-candidatura para as eleições de 2022, prometendo indicar uma mulher para o acompanhar na composição da chapa na briga pela presidência. Até o próximo ano, Doria ainda deve enfrentar a concorrência de outros nomes do PSDB até que sua candidatura seja oficializada. O Brasil registrou nesta segunda-feira 203 novas mortes por covid-19. Em todo o país, 38% da população já está totalmente vacinada. A cidade de São Paulo inicia nesta segunda-feira a aplicação dose de reforço contra a covid-19 em idosos acima de 80 anos de idade e pessoas com mais de 18 anos que tenham alto grau de imunossupressão —ou seja, pessoas com baixa imunidade em razão de doenças ou de tratamentos de saúde, como transplantes.

Leia as notícias mais importantes do dia:


Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50