Ao Vivo

Notícias sobre a covid-19 e a vacinação no Brasil, ao vivo

CPI da Pandemia ouve nesta quarta-feira Wilson Witzel, ex-governador do Rio. Brasil supera 490.000 mortes por covid-19. Cidade de São Paulo escalona vacinação de pessoas entre 59 e 50 anos para evitar aglomeração em postos. Brasil tem 11,21% da população imunizada com as duas doses de vacinas contra a covid-19. Siga as últimas notícias, ao vivo

Uma mulher recebe uma dose da vacina contra a covid-19 na Colômbia.
Uma mulher recebe uma dose da vacina contra a covid-19 na Colômbia.Carlos Ortega / EFE
São Paulo / Brasília - 16 jun 2021 - 10:49 UTC

Aviso aos leitores: o EL PAÍS mantém abertas as informações essenciais sobre o coronavírus durante a crise. Se você quer apoiar nosso jornalismo, clique aqui para assinar. Para receber gratuitamente nossa newsletter de segunda à sábado ―com reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as informações mais importantes do dia no seu e-mail―, inscreva-se aqui.

Senadores da CPI da Pandemia ouvem, nesta quarta-feira, o depoimento do ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel. O objetivo da convocação é esclarecer uma série de denúncias de que o ex-governador se beneficiou de um esquema de corrupção no início da pandemia. Dados do Ministério Público Federal apontam que Witzel recebia um percentual das propinas que eram pagas dentro da Secretaria de Saúde do Rio. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu autorização para a importação excepcional da vacina Sputnik V pelos Estados do Rio Grande do Norte, de Mato Grosso, Rondônia, do Pará, Amapá, da Paraíba e de Goiás, em um momento que o Brasil supera 490.000 mortes pela covid-19. Em São Paulo, a Prefeitura recomendou fracionar a vacinação de pessoas entre 59 e 50 anos, para evitar aglomeração nos postos de saúde.

Acompanhe as notícias mais importantes do dia:


Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50