Ao Vivo

Notícias sobre a covid-19, ao vivo | CPI da Pandemia ouve o ex-chanceler Ernesto Araújo

Senador governista propõe a troca de Renan Calheiros por um “relator menos passional” na comissão. Ensaio aponta que mistura das vacinas AstraZeneca e Pfizer é “é altamente imunogênica e segura”. Biden anuncia envio de 20 milhões de doses de imunizantes ao exterior. Insumos para Coronavac chegam ao Brasil em 26 de maio. País se aproxima de 437.000 mortes. Siga as últimas notícias

São Paulo / Brasília - 18 mai 2021 - 15:19 UTC

Aviso aos leitores: o EL PAÍS mantém abertas as informações essenciais sobre o coronavírus durante a crise. Se você quer apoiar nosso jornalismo, clique aqui para assinar. Para receber gratuitamente nossa newsletter de segunda à sábado ―com reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as informações mais importantes do dia no seu e-mail―, inscreva-se aqui.

O presidente Joe Biden anunciou na segunda-feira que os Estados Unidos enviarão 20 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus ao exterior até o final de junho. “A América nunca estará segura enquanto o resto do mundo não for vacinado”, disse o democrata. Os medicamentos são da Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson. A iniciativa foi anunciada após apelo da Organização Mundial da Saúde (OMS) aos países ricos e às empresas farmacêuticas para que doem vacinas aos países em desenvolvimento “em dias, não meses”. O Brasil chegou às 436.537 mortes por covid-19 e aos 15,6 milhões de casos da doença.

Acompanhe as notícias mais importantes do dia:


Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50