Pedra de toque

Os espiões filósofos

A realidade faz com que as agências secretas venham impondo sua existência em todos os países democráticos com dilemas colocados pela série ‘The Americans’, ambientada no final da Guerra Fria

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

Confinados em uma sociedade democrática?

É importante diferenciar entre o "confinamento" como pena ou castigo imposto por uma ditadura a um opositor e uma medida democrática destinada a proteger a população civil

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O irmão Justiniano

Aprender a ler é o que de mais importante me aconteceu na vida. Agora que, por culpa do isolamento, leio do amanhecer ao anoitecer, aqueles dias voltam à minha memória com os fantasmas desvanecidos

Coluna

Retorno à Idade Média?

O coronavírus será uma pandemia passageira. O que não passará é o medo da morte, que nos acompanha como uma sombra

Pedra de Toque

Retorno a Berlim

Há 28 anos a cidade ainda estava em ruínas, especialmente no Leste, e agora cresce e se reconstrói de maneira frenética. É um formidável centro de cultura, paraíso da música, dos museus e do teatro

Pedra de Toque

Espanha na vitrine

Livro mostra que espanhóis se incluem mais entre aqueles que foram críticos ferozes de seu país do que entre aqueles que o defenderam e o valorizaram. E isso não é uma crítica, mas um elogio

Coluna
PEDRA DE TOQUE

O fim de Evo Morales

A Bolívia parecia perdida para a democracia e a legalidade, mas quem apoiava o ex-presidente não sabia do que seu povo valente é capaz em defesa de sua soberania e liberdade

PEDRA DE TOQUE

O Muro de Berlim

Graças à queda daquela muralha e do que ela representava, a Alemanha, a Europa e o mundo inteiro estão melhor que nos tempos em que a URSS e seus satélites pareciam avançar sobre o restante do continente

PEDRA DE TOQUE

O enigma chileno

A onda de protestos contra o Governo de Piñera é uma mobilização das classes médias, como a que agita boa parte da Europa, e tem pouco ou nada a ver com as erupções latino-americanas dos que se sentem excluídos do sistema

PEDRA DE TOQUE

Recitando Darío…

A extraordinária liberdade e audácia com que o escritor nicaraguense criou sua própria tradição libertou a poesia em língua espanhola do regionalismo e a devolveu ao universalismo dos clássicos

PEDRA DE TOQUE

Da desordem à liberdade

Muitos peruanos têm-se desencantado ante o espetáculo bochornoso de um Parlamento que parecia dedicado exclusivamente a impedir que funcionassem as instituições e a defender a corrução

Tribuna

Um sátrapa

Robert Mugabe dominou o Zimbábue durante 37 anos. Submeteu seu povo a matanças e fomes, embora tenha sido declarado “herói nacional” pelo mesmo Governo que o expulsou do poder

Tribuna

Volta à barbárie

O que o “socialismo do século XXI” fez com a Venezuela é um dos piores cataclismos da história

PEDRA DE TOQUE

O regresso à Grécia

Desde que o nacionalismo não erga sua horrível cabeça, não é ruim que uma pessoa tenha saudade da língua que perdeu, das cidades ou bairros das brincadeiras infantis, do colégio onde estudou e dos ritos familiares entre os quais cresceu

PEDRA DE TOQUE

As duas faces de Ezra Pound

Poeta e caçador de talentos literários ficou deslumbrado pelos textos de James Joyce e lhe procurou editores. Na Segunda Guerra Mundial repetiu as maldades que os nazistas atribuíam aos judeus

Coluna

A capitã e o ministro

Devemos estar atentos ao julgamento de Carola Rackete, que poderia ser condenada a 10 anos de prisão, e exigir que os juízes salvem a honra e as boas tradições da Itália, hoje pisoteadas por Salvini e a Liga

Tribuna

Novas inquisições (II)

O feminismo corre o perigo de se perverter se adotar uma linha fanática e intransigente da qual existem, infelizmente, muitas manifestações e substitui o desejo de justiça pelo ressentimento e a frustração

Tribuna

O populismo mexicano

O povo que aplaude e continua encantado pelos desplantes do presidente López Obrador compreenderá que a era dos caudilhos deve ficar para trás

PEDRA DE TOQUE

A tumba de Kafka

O autor de ‘A metamorfose’ escreveu sem parar, embora suas obras tenham passado praticamente desapercebidas e só postumamente se notou que foi um dos grandes autores de todos os tempos

Tribuna

Eleições na Espanha

Para que o país não corra o risco de se desintegrar é indispensável uma vigilância constante do eleitorado que concedeu ao PSOE de Pedro Sánchez sua formidável vitória

Coluna

Alan García

Acompanhei de perto o protagonismo que teve nos últimos 30 anos da vida pública do Peru. Era mais inteligente que a média dos que se dedicam a fazer política. Mas teria sido ele um político honesto?

Coluna

Cântico dos Cânticos

É justo que se preste uma homenagem a Víctor García de la Concha. Seu último livro é uma edição crítica do Cântico dos Cânticos de Salomão, traduzido do hebraico pelo frei Luis de León

Brexit

Cidade imensa e triste

No final dos anos sessenta criei muito carinho pela Inglaterra; fui deixando de ser um socialista e me transformando pouco a pouco no que ainda tento ser, um liberal

PEDRA DE TOQUE

A tragédia da Ucrânia

Anne Applebaum relata a fome premeditada por Stalin para subjugar a população da Ucrânia, frear qualquer tentativa de nacionalismo e liquidar as organizações que resistiam a integrá-la à URSS

Tribuna

Herdeiros de Nietcháiev

'Os Demônios', obra-prima de Dostoievski, é muito mais que uma diatribe contra a violência política: se trata de uma exploração profunda da intimidade humana, de todas as violências que sofremos e cometemos

PEDRA DE TOQUE

O longo caminho rumo à liberdade

Em algum dia, não longínquo, se escreverá um grande romance tolstoiano sobre a heroica luta do povo venezuelano contra a ditadura de Chávez e Maduro. E o final será, claro, um final feliz