Coluna
i

Amor por Madri

Andrés Trapiello publica um cativante guia desta cidade —em que tudo é de todos— que vai muito além deste tipo de livro e no qual intercala a sua interessante autobiografia com informações rigorosas

FERNANDO VICENTE

Nunca acreditei que leria um guia do começo ao fim. Como os dicionários, guias são livros de consulta, abertos para verificar o significado de uma palavra ou a história de um castelo ou de um museu, e fechados em seguida. Mas o volumoso Madrid, de Andrés Trapiello, que acaba de sair na Espanha, tem um incentivo particular, do qual os guias habituais costumam prescindir: a autobiografia do autor, intercalada nas páginas do livro com as ...

Mais informações