O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, na quinta-feira, com seu Governo.

Economia do Japão fecha 2019 com uma brusca queda e alimenta o medo de recessão

A terceira potência mundial recuou 1,6% no trimestre de outubro a dezembro, afetada pelo aumento do IVA. É o pior dado em quase cinco anos

Agência do Itaú em Brasília.

Itaú tem lucro recorde no Brasil, mas é afetado por explosão social no Chile e na Colômbia

Banco eleva em mais de 60% as alocações para lidar com empréstimos potencialmente inadimplentes e reduz sua exposição à Argentina

José Gabriel Palma, em uma imagem recente.

“O Chile precisa de um setor público capaz de gerar uma nova política de desenvolvimento”

O professor emérito da Universidade de Cambridge critica o modelo de crescimento seguido desde os anos oitenta e apela à intervenção pública para diversificar a economia

Alicia Bárcena, chefe da CEPAL, no aeroporto de Barajas, em Madri.

Alicia Bárcena: “Cultura do privilégio naturalizou desigualdade na América Latina”

Chefe da comissão econômica das Nações Unidas para a região considera esgotado o atual modelo de desenvolvimento e diz que subcontinente perdeu o bonde da indústria e da inovação

Fila em uma feira de emprego no Rio de Janeiro.

Estagnação na América Latina leva desemprego de jovens ao maior nível em 20 anos

Organização Internacional do Trabalho acende sinal de alerta sobre o presente e o futuro de “milhões de jovens que não encontram oportunidades”. Um em cada cinco busca ocupação e não encontra

Barricada erguida durante os protestos de outubro no Chile

Queda de investimentos no México e tensão social no Chile afetam crescimento da América Latina

Segundo o FMI, a região crescerá dois décimos a menos este ano (1,6%) e um décimo a menos no próximo (2,3%)

Passageiros embarcam na Latam Airlines no aeroporto de Puerto Maldonado, no Peru.

Gigantes aéreas miram Brasil e América Latina em busca de impulso global do setor

Mercado aéreo regional está há cinco décadas multiplicando por dois o seu tamanho a cada 12 anos, graças ao impulso da classe média

O ministro da Economia, Paulo Guedes.

‘Doutrina Guedes’ coloca o Brasil à venda

Paulo Guedes, o ‘czar’ econômico do Governo Bolsonaro, realiza a maior privatização de empresas e recursos públicos da história do Brasil

Axel von Trotsenburg, diretor de Operações do Banco Mundial, em entrevista ao EL PAÍS em Madri.
Fábrica da BMW en San Luis Potosí, no México.
Homem toca saxofone em troca de algumas moedas na Cidade do México.

A desigualdade ofusca o tímido avanço da América Latina no desenvolvimento humano

Argentina, Venezuela e Nicarágua registram retrocessos no indicador da ONU. Nos demais, o progresso é escasso, com a desigualdade penalizando sistematicamente

Soldado chileno monta guarda num supermercado afetado por saques, em 22 de outubro.

Turbulências políticas abalam perspectivas da economia chilena

Banco Central realiza uma intervenção histórica para atenuar a queda do peso, e a Fazenda não descarta uma recessão em curto prazo

Soldado chileno monta guarda num supermercado afetado por saques, em 22 de outubro.

Turbulências políticas abalam perspectivas da economia chilena

Banco Central realiza uma intervenção histórica para atenuar a queda do peso, e a Fazenda não descarta uma recessão em curto prazo

O bairro Villa 31 em Buenos Aires, Argentina.

Pobreza extrema cresce pelo quinto ano consecutivo na América Latina

Brasil e Venezuela explicam boa parte do aumento, mas a Cepal acende “fortes sinais de alerta” em um contexto de baixo crescimento e protestos em massa em busca de justiça social

Um motociclista passa em frente a chaminés de uma central de geração elétrica em Xangai (China).

Economia mundial crescerá em 2019 e 2020 ao ritmo mais baixo desde a Grande Recessão, segundo a OCDE

Grupo dos países ricos volta a reduzir a previsão de crescimento para 2020 e orienta os Governos a aplicarem estímulos fiscais de longo prazo centrados na emergência ambiental e na digitalização

Rua comercial na Cidade do México, na última sexta-feira.

Desaceleração das potências regionais agrava estagnação da América Latina

Fraco desempenho de Brasil, México e Argentina reduz crescimento regional, que deve ser levemente superior a 0% neste ano

Lourdes Casanova durante o Fórum EUA, América Latina e Espanha, organizado pelo EL PAÍS.

“América Latina errou ao renunciar à política industrial”

Professora da Universidade Cornell (EUA) pede a volta dos bancos de desenvolvimento: “É preciso algo mais do que apenas o mercado e a região não pode ir na direção contrária”

Manifestante segura cartaz onde se lê: “Viver no Chile custa o olho da cara”.

O “milagre chileno” se choca com a realidade

Custo de vida, salários, previdência e os sistemas privados de saúde e educação se sobrepõem à melhora da renda no imaginário coletivo do país sul-americano

Da esquerda à direita: Cyril Ramaphosa, presidente da África do Sul; o premiê da Índia, Narendra Modi; o presidente da China; Xi Jinping; o presidente russo, Vladimir Putin; e o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira, em Brasília, no encontro dos BRICS.

Divergências sobre Venezuela e Bolívia invadem a cúpula dos Brics

A reunião foi convocada com objetivos modestos e, ao contrário de edições anteriores, não será seguida por um encontro regional de chefes de Governo, por conta dos atritos na região

Lourdes Casanova durante o Fórum EUA, América Latina e Espanha, organizado pelo EL PAÍS.

“A América Latina errou ao renunciar à política industrial”

Professora da Universidade Cornell (EUA) pede a volta dos bancos de desenvolvimento “É preciso algo mais do que apenas o mercado e a região não pode ir na direção contrária”

Um avião da Iberia, visto do terminal T4 do aeroporto de Madri-Barajas.

Com Air Europa, grupo de Iberia e British Airways reforça liderança na América Latina

O grupo IAG terá mais de um quarto do mercado entre o Velho Continente e a região da América Latina quando a operação de compra for concretizada

Nora Lustig durante uma visita recente à Cidade do México.

Nora Lustig: “O mercado não vai reduzir por si só as desigualdades”

Professora da Universidade Tulane (EUA), Nora Lustig é uma economista especializada em como corrigir a desigualdade, reduzir a pobreza e fomentar o desenvolvimento latino-americano

Martin Ravallion, fotografado em um hotel da Cidade do México.

“É preciso apagar a ideia de que reduzir a desigualdade é coisa de comunista”

Ex-economista do Banco Mundial, Martin Ravallion agora dá aulas em Georgetown. De família humilde, sofreu em primeira pessoa o impacto da pobreza antes de lutar contra ela

Economista-chefe do FMI, Gita Gopinath.

FMI confirma que previsão de crescimento do Brasil não chega a 1% neste ano

Queda na estimativa do PIB brasileiro reflete na região. Segundo novo relatório do organismo, a atividade desacelerou notavelmente na América Latina, que deve crescer 0,6% em 2019

Agricultor durante a colheita de café em Guaxupé.

Há mais café do que nunca no mercado, mas você e os produtores não se beneficiam

Queda do preço do grão pelo excesso de oferta não se traduz em uma diminuição da conta paga pelo consumidor e causa sérios problemas aos pequenos agricultores da América Latina

Contêineres de carga no porto de Lázaro Cárdenas (Michoacán, México).

Exportações latino-americanas caem depois de dois anos de crescimento ininterrupto

Redução dos preços das matérias-primas e cenário turbulento do comércio global penalizam vendas ao exterior

Funcionário movimenta cargas em uma fábrica de Xangai (China).

Agronegócio brasileiro, um dos possíveis beneficiados pela guerra comercial entre EUA e China

Conflito tarifário promete reorganizar tabuleiro do comércio internacional e beneficiar economias como a brasileira, indiana, vietnamita e mexicana