Crise Econômica mundial
Jens Weidmann, presidente do Bundesbank.

Alemanha caminha para recessão e Governo prepara estímulos na economia

Riscos de guerra comercial e de Brexit sem acordo deterioram o cenário econômico mundial. Banco Central Europeu, EUA e China também já planejam medidas

Um operador da bolsa esta semana num pregão nova-iorquino de Wall Street.

Investidores priorizam títulos da dívida e ouro por medo da tensão entre EUA e China

Guerra comercial, reduções de taxas de câmbio e dados ruins da Alemanha estimulam pessimismo sobre a economia mundial

FINN E. KYDLAND | ECONOMISTA E PRÊMIO NOBEL
Finn E. Kydland na semana passada em um hotel de Valência, na Espanha.

“Os políticos que impõem travas ao comércio são ingênuos e carecem de visão de futuro”

O economista norueguês acha que as medidas extraordinárias dos bancos centrais contra a crise foram desnecessárias

Celebração no distrito financeiro de Nova York.

EUA registram a taxa de desemprego mais baixa em quase meio século

Desocupação fica em 3,6% em abril, após a criação de 263.000 novos postos de trabalho em maio

O presidente da Reserva Federal, Jerome Powell.

Alta acumulada da Bovespa contrasta com tensão no mundo por temor de crise global

Na semana em que Bolsonaro chegou ao poder, Bolsa de São Paulo bateu recorde, mas também reagiu a ruídos nas propostas econômicas. Já Wall Street só melhorou com promessa de BC dos EUA de deter alta de juros se clima piorar

Operário trabalha em uma unidade de montagem da Ford em Deadborn, Michigan. Em vídeo, Trump se orgulha da criação de emprego em um discurso em 20 de setembro.

Como os Estados Unidos alcançaram o pleno emprego com Trump?

Taxa de desemprego dos EUA cai para 3,7%, o nível mais baixo desde 1969, depois de nove anos consecutivos de crescimento, um dos seus maiores períodos de prosperidade

Banco Central
O presidente Donald Trump ao chegar ao aeroporto de Erie, Pensilvânia.

Trump, depois da forte queda da Bolsa: “O Federal Reserve ficou louco”

Presidente investe de novo contra a estratégia de elevação de juros do banco central norte-americano depois da maior desvalorização no mercado de ações em meses

Igualdade
Várias pessoas passam em frente à sede do banco Goldman Sachs, em Nova York.

Quanto mais mulheres na cúpula, mais rentável é o banco

Um estudo sugere que a diversidade de gênero melhora os resultados das entidades financeiras, mas só se no conselho há um número suficiente de mulheres e o banco está bem administrado

O presidente Donald Trump num evento em Iowa.

EUA crescem 4,1% no segundo trimestre, o melhor resultado em quase 4 anos

Atividade econômica americana se recupera com solidez. “O ritmo é incrível”, avaliou o presidente, “somos a inveja econômica do mundo”.

Estados Unidos
Notas de 100 dólares

Patrimônio dos norte-americanos chega aos 370 trilhões de reais

Valorização dos ativos imobiliários e dos investimentos financeiros coloca mais dinheiro no bolso para gastar

Estados Unidos
Cerimônia de graduação em uma instituição educacional do Texas.

Financiamentos afundam os estudantes nos EUA: dívidas superam 5,9 trilhões de reais

Carga financeira para cursar a universidade obriga os recém-formados a adiar por vários anos investimentos como a compra da casa própria

Entrada do cofre do Federal Reserve de Nova York.

500.000 lingotes de ouro escondidos sob o metrô de Manhattan

O EL PAÍS visita a caixa-forte onde o Fed guarda 250 bilhões de dólares em barras do metal precioso

Corretor na bolsa de Wall Street.

Desemprego nos EUA cai a 3,9% e fica no nível mais baixo desde a bolha tecnológica

Ritmo de criação de emprego permite à Reserva Federal aumentar os juros na reunião de junho

Operadores de Bolsa em Wall Street.

A fúria nas Bolsas se dissipa, mas volatilidade deve seguir nos próximos dias

Bolsa de São Paulo abre em baixa, mas se recupera. Para os analistas mais cautelosos ainda é cedo para prever a tendência dos mercados para os próximos dias e os efeitos imediatos para o Brasil. Saúde da economia americana é fator

Operadores de Bolsa em Wall Street.

Bolsa de Nova York tem maior queda em pontos da história

Bolsa de São Paulo acompanha queda, com Ibovespa retrocedendo 2,59% e com alta do dólar. O que move o abalo de nervos é a expectativa de que o BC dos EUA acelere a alta de juros no país

2018, um ano de crescimento global sincronizado

Analistas acreditam que 2018 será outro ano de crescimento graças ao disparo do consumo e ao investimento empresarial

Donald Trump
Trump e Jerome Powell

Jerome Powell será presidente do Fed, banco central mais poderoso do mundo

Pela primeira vez na história um banqueiro de investimentos dirigirá a política monetária dos EUA

Editoriais
Janet Yellen, presidenta da Reserva Federal

A economia de Yellen

Federal Reserve inicia uma normalização monetária prudente e “telegrafada”

Pedestres na Times Square observam manchetes sobre a crise das subprime, em 2007.

Bolha imobiliária: dez anos do gatilho da crise que parou o mundo

Dia 8 de agosto marca o início do colapso dos mercados financeiros devido às hipotecas podres que levaram à falência o Lehman Brothers

O presidente do Berkshire Hathaway

Buffett lucra 12 bilhões de dólares após seis anos de investimento no Bank of America

Oráculo de Omaha apoiou instituição financeira quando ela precisou de capital e virou seu principal acionista

Editoriais
Janet Yellen, presidenta do Federal Reserve.

Cresce a diferença monetária

O aumento das taxas de juros do Federal Reserve muda o financiamento global e dá argumentos aos adversários de Draghi

A presidenta do Federal Reserve (Fed), Janet Yellen. EFE/Arquivo

BC dos EUA aprova primeiro aumento da taxa de juros da era Trump

O preço do dinheiro aumenta 0,25% nos Estados Unidos enquanto continua zero na Europa, o que aumenta a discrepância entre as políticas dos grandes bancos centrais

Federal Reserve
Janet Yellen, presidenta do Federal Reserve

Presidenta do Fed indica que os juros nos EUA podem subir neste mês

Janet Yellen segue a linha de outros membros do banco central norte-americano favoráveis a um terceiro aumento

Donald Trump aperta a mão de Gary Cohn, que descreveu como um ‘gênio’.

Goldman Sachs, o banco que governa o mundo

A instituição, fundada em 1869, colocou seus executivos tanto em Governos democratas como republicanos

Economia dos EUA
Painel eletrônico anuncia a decisão do Fed.

Fed mantém taxa de juros, apesar de melhora na confiança em Trump

Banco central dos EUA conserva a estratégia de três aumentos durante 2017

Wall Street
Funcionários da Bolsa de Nova York na sexta-feira.

Dow Jones alcança 20.000 pontos pela primeira vez na história

Índice de referência de Wall Street teve alta de 9% desde as eleições presidenciais dos Estados Unidos

Editoriais
Janet Yellen, presidenta do Federal Reserve.

Yellen enfrenta Trump

O aumento dos juros do Fed impede os efeitos da Trumpeconomics