Em busca do sonho perdido

Por que sonhamos? Para quê? O neurobiologista brasileiro Sidarta Ribeiro enfrenta estas questões em ‘O Oráculo da Noite’, ensaio que resume os avanços de uma nova disciplina: a ciência onírica. Seu livro faz parte de uma crescente atenção editorial ao mundo do descanso noturno nestes tempos em que a pandemia acentuou a insônia e a distração tecnológica