A diplomacia de Bolsonaro mira eleitor de 2022

O que o presidente faz em política externa tem como propósito animar dentro do país seus eleitores fiéis e lhes dar um discurso para a próxima eleição presidencial

Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto.
Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto.ADRIANO MACHADO / Reuters

É um exercício interessante buscar o nome de Jair Bolsonaro no site Cablegate.org, que reúne um pacote de quase 260 mil telegramas diplomáticos do Departamento do Estado americano, vazados há uma década pelo site Wikileaks, de Julian Assange. Nesses telegramas, parte deles divulgados por um consórcio de jornais do qual fez parte EL PAÍS, há informações sobre as desconfianças e espe...

Mais informações