O pensador Ivan Krastev, em sua casa, em Viena.

Ivan Krastev: “Os russos acham que o mundo os engana, por isso se sentem com o direito de enganar”

Pensador búlgaro é uma referência do pensamento europeu e liberal adaptado ao século XXI. Ele acredita que essa opção aberta entrou em crise por causa de um certo doutrinamento, mas que sua pluralidade de visões prevalecerá. Moderou seu pessimismo sobre a UE pela sua atitude na emergência sanitária. Mas considera que a pandemia mudará as relações no mundo.

Um casal em um parque de Londres, em 24 de fevereiro.
ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

Homens, mulheres: o pouco que sabemos sobre o amor

Uma mulher esclarecida que escreva sobre o amor é vista com suspeita. Talvez porque o que ela diga represente um desafio às visões que nos foram oferecidas pelos homens, observa a ativista bell hooks em seu último ensaio, publicado no Brasil pela editora Elefante

Autorretrato na Água’ (1991), de Robert Stivers.

Em busca do sonho perdido

Por que sonhamos? O neurobiologista brasileiro Sidarta Ribeiro enfrenta estas questões em ‘O Oráculo da Noite’. Seu livro faz parte de uma crescente atenção editorial ao mundo do descanso noturno nestes tempos em que a pandemia acentuou a insônia e a distração tecnológica

Lélia Gonzalez em imagem sem data. Segundo a amiga Ana Maria Felippe, era uma das fotos de que ela mais gostava.

Lélia Gonzalez, onipresente

Mulher, negra, intelectual e ativista foi pioneira nas discussões sobre relação entre gênero e raça, ao propor uma visão afro-latino-americana do feminismo. A abrangência de seu pensamento, que atravessa filosofia, psicanálise e candomblé, pode ser vista em uma nova coletânea, a primeira em uma editora comercial

newsletters

Receba o boletim diário do EL PAÍS Brasil