Pandemia de coronavírus

Slavoj Žižek: “As pessoas dizem: ‘O capitalismo sobreviverá’. Eu contesto: já mudou imensamente”

O popular pensador esloveno diz que somente unidos nos salvaremos. Se ainda não aprendemos, precisamos de novas crises que nos façam mais solidários

O filósofo e sociólogo esloveno Slavoj Žižek.
O filósofo e sociólogo esloveno Slavoj Žižek.ALBERTO CRISTOFARI / Contrasto / Contacto

Do que Slavoj Žižek mais sente falta da vida anterior ao coronavírus é a solidão. “Não o digo como uma brincadeira barata pós-moderna”, diz o filósofo esloveno, sabendo que a confissão, como muito do que diz, é paradoxal: o “filósofo rock star”, acostumado a dar palestras lotadas por todo o mundo, agora quase não sai de sua casa em Liubliana (Eslovênia). De lá responde à videochamada, acomodado em um sofá castanho, com um plano desalinhado em ...

Mais informações