Cristiano Ronaldo, Modric e Salah são os finalistas do prêmio de melhor do mundo da FIFA

Messi ficou de fora dos três primeiros pela primeira vez desde 2006; Marta concorre ao prêmio entre as mulheres

Os ex-jogadores Peter Schmeichel, Campbell, Kelly Smith e Kanu durante o anúncio dos três melhores.
Os ex-jogadores Peter Schmeichel, Campbell, Kelly Smith e Kanu durante o anúncio dos três melhores.Matthew Child (Reuters)
Mais informações

A FIFA anunciou nesta segunda-feira os três finalistas do prêmio The Best, que coroa o melhor jogador do mundo na última temporada: Cristiano Ronaldo, Luka Modric e Mohamed Salah. O argentino Lionel Messi ficou de fora da final pela primeira vez desde 2006, quando Cannavaro superou Zidane e Ronaldinho na decisão. Entre as mulheres, Marta está entre as finalistas pela 14ª vez na carreira. A premiação acontece no dia 24 de setembro, em Londres.

Vencedor das duas últimas edições do prêmio, Cristiano Ronaldo foi eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo – o português tem a chance de superar Messi, que também ganhou cinco vezes e não estará entre os três primeiros em 2018. Cristiano vem de uma temporada onde guiou o Real Madrid ao tricampeonato na Champions League, mas tem como adversários o meia Modric, eleito melhor jogador da Copa do Mundo e melhor da temporada pela UEFA, e Salah, que se destacou como artilheiro pelo Liverpool. Neymar não figura nem na lista dos 10 melhores, que também conta com Messi, De Bruyne, Griezmann, Hazard, Kane, Mbappé e Varane. Entre os goleiros, Courtois, Lloris e Schmeichel disputam o prêmio.

Já entre as mulheres, disputam Marta, do Orlando Pride, a norueguesa Ada Hegerberg, do Lyon, e a alemã Dzsenifer Maroszan, também do Lyon. A brasileira venceu cinco vezes o prêmio e suas adversárias nunca ganharam, mas as duas vêm de título na Champions League da última temporada. Pernille Harder, do Wolfsburg, eleita a melhor da temporada pela UEFA, não está entre as finalistas da FIFA.

O evento também homenageia os melhores treinadores, prêmio que ficará entre Didier Deschamps (França), Zlatko Dalic (Croácia) e Zinedine Zidane (Real Madrid) no futebol masculino e Reynald Pedros (Lyon), Asako Takakura (Japão) e Sarina Wiegman (Holanda) no futebol feminino. No Puskas Award, que premia o gol mais bonito da temporada, o uruguaio Arrascaeta, do Cruzeiro, concorre com um gol de voleio marcado contra o América-MG. Outros candidatos são o gol de bicicleta de Cristiano Ronaldo, os gols de Cheryshev, Messi, Pavard e Quaresma na Copa, além do voleio de Bale na final da Champions.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: