O presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, em 1 de agosto.

Quem vai parar Jair Bolsonaro?

Presidente vai da violência retórica à ingerência em instituições em poucas semanas. Supremo volta do recesso e acena que fará contrapeso junto com o Legislativo, liderado por Rodrigo Maia

O presidente Jair Bolsonaro.

A crueldade de um presidente da República

Infelizmente, Bolsonaro continua se comportando como um militar de baixa patente, mau e alinhado com a defesa dos crimes praticados por agentes dos porões

Mercês Castro é irmã de Antônio Teodoro de Castro, o Raul do Araguaia.

A incansável busca pela história do irmão desaparecido do Araguaia

Há 40 anos, Mercês Castro adentra as matas do norte do país e conversa com moradores em busca dos restos mortais de Antônio Teodoro de Castro, o irmão assassinado durante a guerrilha pelos militares

Ditadura Militar
Os ditadores do Chile, Augusto Pinochet, e da Argentina, Jorge Videla.

A regra de sangue da Operação Condor, a aliança mortífera das ditaduras do Cone Sul

A Operação Condor, aliança entre Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai e Bolívia, permitiu a troca de informações e livre trânsito para perseguir, torturar e matar opositores da ditadura no continente

Passado e presente da rua Maria Antonia, em São Paulo. Local foi palco de embate em 1968, ano de endurecimento da ditadura brasileira.

Transição incompleta e democracia débil, o caso brasileiro

Sem punir os violadores da ditadura, o Brasil é um triste caso de falta de vontade política de enfrentar e superar o passado. Site do MPF reúne ações movidas contra repressores

Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos
Eugênia Gonzaga, procuradora e presidente da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos.

“O Brasil não cumpriu o dever de pôr a ditadura em pauta. Há um pacto para não constranger os militares”

Eugênia Gonzaga, da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, diz que hierarquia do presidente em relação às Forças Armadas poderia facilitar a demanda das famílias dos desaparecidos

Os desembargadores Milton Carvalho, Luiz Fernando Salles Rossi e Mauro Conti Machado.

Magistrados ignoram testemunhas e citam laudo forjado da ditadura para isentar Ustra

Apreciação de desembargadores do TJ de São Paulo se deu em sessão que extinguiu, por julgar prescrita, ação que pedia indenização para familiares de jornalista assassinado no DOI-CODI

Ditadura militar brasileira
Ivo Herzog, filho do jornalista Vladimir Herzog.

Ivo Herzog: “O Brasil insiste em virar a página da ditadura mas sem escrevê-la antes”

O filho de Vladimir Herzog, assassinado por militares durante a ditadura, diz que relatório da CIA que mostra anuência de Geisel com crimes do regime joga por terra a versão dos “porões da ditadura”. “Haviam os palácios da ditadura”

Ato em memória das mulheres vítimas da ditadura militar no Rio em 2016.

Uma nova tentativa para julgar os torturadores da ditadura brasileira

Raquel Dodge pede que STF reabra caso Rubens Paiva e faz pressão para que Brasil siga corte interamericana. Procuradores em quatro Estados fizeram até agora 32 denúncias penais sobre crimes durante o regime

Exército Brasileiro
O general Mourão, que chorou em discurso homenageando o torturador Ustra, bate continência.

Comandante do Exército diz que general que elogiou torturador “lidera pelo exemplo”

Em cerimônia no qual passou à reserva, Mourão, que já havia pregado intervenção militar, homenageia ex-chefe do DOI-CODI. Villas Bôas defende mudança legal para militares atuarem no Rio

Exército Brasileiro
Militares fazem patrulha no Rio de Janeiro.

Intervenção federal no Rio desperta fantasmas sobre o papel do Exército

Comandante do Exército diz querer evitar nova Comissão da Verdade e provoca onda de críticas e alimenta batalha política contra medida. General transmitiu mal-estar entre militares

Coluna

A Lava Jato como purgação e maldição

Para refundar a democracia é preciso bem mais do que combater a corrupção é preciso produzir justiça e memória dos crimes contra a vida humana cometidos pelo Estado

EL PAÍS Brasil vence prêmio com série de reportagens sobre os crimes da ditadura militar brasileira, revelados pelo relatório da Comissão da Verdade.

EL PAÍS Brasil ganha dois prêmios SIP de Excelência Jornalística 2016

Série de reportagens sobre a ditadura militar brasileira, produzida por vários repórteres, e artigo de Eliane Brum sobre o PT são premiados

ditadura brasileira
Protesto em frente à casa de Ustra, em 2014

Um retrato do torturador comandante Brilhante Ustra, segundo as suas vítimas

Militantes que caíram nas mãos do algoz da ditadura brasileira, homenageado por Bolsonaro no voto de impeachment neste domingo, revelam detalhes do sadismo vivido nos anos de chumbo

Obituário
Inês Etienne, entre Rousseff e Lula durante a entrega do prêmio dos Direitos Humanos de 2009.

Inês Etienne Romeu, única sobrevivente da Casa da Morte

Companheira de guerrilha de Dilma Rousseff, ela foi presa e passou por um prolongado período de torturas durante a ditadura

Débora da Silva, à esquerda, em protesto em São Paulo.

Nova comissão vai investigar os crimes pós-ditadura em São Paulo

Grupo já tem mil homicídios a serem esclarecidos. A guerra PM x PCC de 2006 a 2013, e o massacre do Carandiru serão investigados

O Brasil se olha no espelho

Da CNV às revelações sobre a Petrobras, passando pelo bloqueio de recursos das empresas de trens de São Paulo

Comissão da Verdade

O relatório sobre a ditadura em três histórias

Uma mulher que passou décadas sem saber se o marido estava morto; dois sobrinhos que reconstruíram os últimos dias do tio e uma jornalista que ainda enfrenta pesadelos pela tortura. Três relatos resumem o horror retratado pela CNV nesta semana

Comissão da Verdade
Felipe Carvalho Nin Ferreira, 28, com a foto do tio desaparecido.

“A pesquisa sobre o meu tio morto me reconectou com a família”

Os sobrinhos de Raul Amaro conseguiram provar após 40 anos a causa real da morte do tio assassinato causado pelas torturas praticadas pelos militares

Ilda Martins da Silva, diante de uma foto do marido Vírgilio tirada no dia em que ele ganhou o concurso de mais resistente dançarino.

“Por 34 anos eu não soube se meu marido estava vivo ou morto”

Apenas em 2004 Ilda Martins da Silva teve certeza de que seu marido havia sucumbido após ser torturado por militares em 1969

Comissão da Verdade
Rose Nogueira, em visita a uma cela do Memorial da Resistência.

“Os militares diziam que a tortura não passa nunca. Eles tinham razão.”

Rose Nogueira, presa 33 dias após dar à luz seu filho, foi torturada psicologicamente e abusada e ainda guarda marcas

Ditadura Militar Brasileira
Homens carregam estudante no Rio de Janeiro, em 1968.

Brasil, viagem literária à origem do horror da Operação Condor

‘O Punho e a Renda’, de Edgard Telles Ribeiro, revisa a gestação das autocracias criadas na América do Sul nos anos de 1960 e 1970

Ditadura brasileira
Lula visita uma fábrica da Volkswagen, em março de 2003.

Empresas passavam ‘listas negras’ de trabalhadores a órgãos de repressão

Relatório aponta mais de 50 empresas que contribuíram com o golpe de 1964

A história revista do Brasil
Junta Interamericana de Defesa (ou Operação Condor), em 1968.

Repressão além das fronteiras: a aliança repressiva no Cone Sul

Relatório da Comissão da Verdade detalha a atuação de agentes brasileiros fora do País durante a ditadura e expõe a colaboração estrangeira com os militares brasileiros de 1964 a 1985

Dilma Rousseff é interrogada por militares em 1970, logo após sua prisão.<br><i>“Acho que nenhum de nós consegue explicar a sequela. A gente sempre vai ser diferente”, relatou depois de eleita presidenta. “As marcas da tortura sou eu. Fazem parte de mim”.</i>

Os anos de chumbo no Brasil

Veja imagens e relatos do período da ditadura militar no país (1964-1985)

História reescrita do Brasil
Fichas de óbito encontradas em sacos plásticos na garagem do Hospital Central Do Exército, no Rio de Janeiro.

A máquina de escrever que evitava torturas

Presos da ditadura enfrentavam com frequência um problema básico informar os seus familiares de que ainda estavam vivos

ditadura militar no brasil
Um dos locais onde presos eram torturados.

“Eu acho, não, tenho quase certeza que eu não fui estuprada”

Detalhes aterrorizantes do relatório mostram que a violência sexual ultrapassou “todos os limites da dignidade humana”