Edição:
EL PAÍS
Uma empregada filipina, após estender a roupa na casa onde trabalha.

Escravas domésticas

No Líbano, as empregadas estrangeiras são consideradas uma propriedade Sua liberdade de movimento está restrita à vontade dos donos da casa Muitas encontram no suicídio a única saída para situações de maus-tratos

newsletters

Receba o boletim diário do EL PAÍS Brasil