Modelos

Naomi Campbell anuncia que é mãe aos 50 anos

‘Top model’ britânica apresenta a primeira filha, sem divulgar nome ou quando nasceu. “Muito honrada por ter esta delicada alma em minha vida”

Naomi Campbell, na semana da moda de Paris, em fevereiro de 2020.
Naomi Campbell, na semana da moda de Paris, em fevereiro de 2020.Fashion PPS / Bestimage / GTRES

Mais informações

Naomi Campbell se tornou mãe. A supermodelo londrina, de 50 anos —completará 51 no próximo sábado, 22 de maio— anunciou de surpresa, por meio de suas redes sociais, que há um novo membro em sua família. “Esta linda, pequena bênção me escolheu para ser sua mãe. Muito honrada por ter esta delicada alma em minha vida. Não há palavras para descrever o vínculo para a vida toda que agora compartilho com você, meu anjo. Não existe amor maior”, escreveu Campbell em seu perfil no Instagram, onde acumula mais de 10 milhões de seguidores.

Por enquanto, desconhece-se o nome do bebê, de quem só se sabe que é uma menina. Tampouco se sabe como, onde e quando nasceu, mas as últimas imagens de Campbell, incluindo a capa que fez para uma prestigiada revista de moda, mostram que não estava grávida. No entanto, ela não deu explicações no momento sobre se o bebê nasceu de uma barriga de aluguel ou foi adotada. Em 2018 ela foi vista com um recém-nascido nos braços em um orfanato em Lagos, mas sua equipe desmentiu de imediato que ela tivesse adotado aquele menino. No momento, não foram dadas mais informações sobre esta nova chegada na família. Nem sua mãe, Valerie, a quem ela marcou na foto de apresentação da menina, postou informações a respeito.

Campbell é há mais de 30 anos um dos principais nomes da indústria da moda, na qual começou a trabalhar quando tinha apenas 15 anos, após ser descoberta ao passear por Covent Garden, em sua cidade natal, Londres. Desde então, está no Olimpo da moda ao lado de nomes como Claudia Schiffer, Linda Evangelista e Cindy Crawford. Em 1998 ela se tornou a primeira modelo negra a aparecer na capa da Vogue na França e no final de 2019 foi reconhecida, entre lágrimas de alegria, como a primeira mulher negra ícone da moda, durante a entrega dos prêmios British Fashion Awards.

Além da carreira profissional, seus escândalos pessoais tiveram repercussão, o que a levou a ter problemas com drogas e de controle da raiva. Em 1997 chegou a ser hospitalizada durante uma viagem a Las Palmas de Gran Canária, território da Espanha, com o seu então companheiro, o bailarino Joaquín Cortés, após sofrer uma overdose de uma mistura de álcool e tranquilizantes. Além do espanhol, teve romances conhecidos com os atores Robert De Niro, Sylvester Stallone e Leonardo DiCaprio (embora nunca tenha sido confirmado), cantores como Robbie Williams e Eric Clapton, o boxeador Mike Tyson, o empresário egípcio Louis Camilleri e o magnata russo Vladislav Doronin.

Campbell falou algumas vezes sobre seu desejo de ser mãe. Em 2017, disse ao Evening Standard que pensava “o tempo todo” em ter filhos. “Mas agora, da maneira como a ciência funciona, acho que posso fazer isso quando quiser.”

Apoie a produção de notícias como esta. Assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$

Clique aqui

Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana.

Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50