‘Uma vida oculta’: Sublime em tempo parcial

Excessivamente afetado, o filme mais recente de Terrence Malick não resiste; faz tempo que sua sistemática, sempre a mesma, pesa

‘Jojo Rabbit’: Meu amigo Adolf Hitler

Acaba sendo um filme estupendo para toda a família, com tudo o que ele envolve: suas virtudes populares e seus inevitáveis defeitos melosos e sem importância

‘Ford vs. Ferrari’: Uma batalha empresarial candidata ao Oscar

Mergulha no esporte como um evento social e político, naquele ponto em que as ações têm tanto a ver com o pessoal como com a peculiaridade de um modelo de país

Os trastes da memória

Tudo flui com a naturalidade de um rio da existência onde a dor e o ardor habitam um único tempo

‘Poderia me perdoar?’: A vocação da modéstia

O ponto alto são as poderosas interpretações de Melissa McCarthy e Richard E. Grant, ambos candidatos ao Oscar

‘Vice’: A política é uma farsa

O ponto crucial de todo o filme está no recurso da inserção: planos alheios à ação principal, que levam o discurso até uma nova e fascinante dimensão metafórica e humorística

‘A Esposa’: A mulher do Nobel

Diretor joga com aspectos transcendentes da corrente bergmaniana, mas também com mise-em-scéne e estrutura de um academicismo vulgar

‘Infiltrado na Klan’: a tragédia do delirante

O conjunto, tão desigual quanto interessante, se eleva no final com imagens que alteram as sensações que o filme estava deixando

O funeral da glória

É a visão solene de Damien Chazelle sobre a corrida espacial, focada na figura de Neil Armstrong, o ser humano que conseguiu chegar à Lua, mas não salvar a vida de sua filha

Nico: todas as festas futuras

Uma estranha, atraente e doentia biografia cinematográfica da modelo e cantora, distante do ‘biopic’ convencional, estreia no Brasil nesta quinta-feira

Obrigado pela música (ou não)

Poucas gotas aos admiradores do musical clássico, a expressão de sentimentos através das músicas e a dança, sem desculpas de roteiro

O prazer efêmero da modéstia

Sua espalhafatosa modulação de teor cômico se rompe em uma das tramas da segunda metade da narrativa, quando outra história altera o tom geral do filme

‘Submersão’: a química e a metafísica

O filme navega, como um de seus personagens, em águas tão turbulentas que sai escaldado de suas excessivas ambições

‘Extraordinário’, O menino da cara esquisita

Ajudado por atuações formidáveis, o diretor Stephen Chbosky conduz o relato com a mão firme de quem não teme nem o drama nem a comédia

‘Atômica’ retrata a Berlim de 1989, uma cidade em chamas

O filme, que estreia neste dia 31, oferece múltiplas leituras, mas no final seu conjunto é bem vazio

‘Planeta dos Macacos’: mensagem política em meio à narrativa de guerra

Um dos grandes subtextos do filme, atrás da atitude selvagem dos humanos, é a construção de um muro

Oscar 2017: ‘Até o último homem’, a paixão de Cristo (parte II)

Novo filme de Mel Gibson, faz relato em tom bíblico e salvador de uma ‘via crucis’ Além disso, o filme inclui um epílogo que convence de vez até os mais incrédulos

‘Lion’: Entre inspirar e reivindicar

Em sua metade inicial, o estreante Garth Davis, conhecido diretor de publicidade, mostra que sabe contar uma odisseia não só com palavras

Um complemento digno

Oliver Stone criou uma boa abordagem de Snowden, e seu melhor trabalho em anos, apesar do aparente convencionalismo

‘O Filho de Saul’, a um metro do inferno

Filme, indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, faz você sentir mais do que ver: o martírio de habitar o inferno e querer se manter de pé

Uma história de paixão

'Carol' parece um filme de Douglas Sirk, com sua sensibilidade, seu brilhante barroquismo e seu espetacular tratamento da luz

'As Sufragistas': metade da humanidade (no mínimo)

'As Sufragistas' é um filme que cospe na nossa cara a vergonha com verdade, raiva e paixão

‘A pele de Vênus’: o infinito jogo de espelhos de Polanski

Dois personagens e quantas camadas, uma após a outra, até moldar algo difícil de igualar

Em um tom marrom

Neste filme, sem a menor capacidade capacidade elíptica, parece ter sido concentrada a parte mais pesada, retórica e chata da história