Latin America’s 50 Best

O argentino Don Julio é eleito pela primeira vez o melhor restaurante da América Latina

Churrascaria de Buenos Aires substitui o peruano Maido, que liderou o ranking dos 50 melhores por três anos. Nove restaurantes brasileiros figuram na lista, com destaque para A Casa do Porco

Equipe da churrascaria argentina Don Julio, eleita o melhor restaurante da América Latina 2020.
Equipe da churrascaria argentina Don Julio, eleita o melhor restaurante da América Latina 2020.Redes Sociales

O restaurante argentino Don Julio assumiu o primeiro lugar na lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina 2020, na qual votam mais de 250 especialistas gastronômicos da região. Don Julio é uma churrascaria de Buenos Aires famosa por assar com cuidado o gado Aberdeen Angus e Hereford, criado nos arredores da capital e normalmente mantido em geladeira por vários dias até atingir a maturidade perfeita.

A churrascaria argentina, de Pablo Rivero, ultrapassa pela primeira vez para o tricampeão Maido, restaurante nipo-peruano dirigido por Mitsuharu Tsumura, e que este ano figura no segundo lugar da lista regional. Os restaurantes peruanos vinham liderando a lista com seis prêmios consecutivos, por isso a vitória da churrascaria argentina é uma mudança notável. Mas se você levar em conta todos os vencedores, dez dos 50 prêmios ainda são para restaurantes peruanos (o mesmo número de restaurantes argentinos que ganharam).

Mais informações

Também no top 10 da lista estão as peruanas Central e OSSO, a brasileira A Casa do Porco, de São Paulo, a mexicana Pujol, a chilena Boragó e a colombiana El Chato. A maioria desses dez restaurantes é administrada por chefs homens; a única mulher entre os líderes é a mexicana Elena Reygadas, que dirige o restaurante e padaria Rosetta na Cidade do México. No ranking estão nove restaurantes brasileiros de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Neste ano de pandemia, em que a maioria dos restaurantes teve que fechar ou manter lotação mínima, os jurados dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina tiveram que fazer a cerimônia anual virtualmente, e só levaram em conta o trabalho do restaurantes em 2019 até março de 2020. Mas aproveitaram para fazer uma nova lista que reconhece os 50 restaurantes da região que atuaram para ajudar outros colegas ou grupos afetados pela crise e para reconhecer um grupo de cozinheiros líderes da região.

Dentre as homenageadas está Janaina Rueda (Bar da Dona Onça e A Casa do Porco), de São Paulo, que fez campanha durante a pandemia para conseguir mais apoio para restaurantes, e também trabalhou para melhorar a merenda escolar em 1,8 milhão de crianças ― ensinando cozinheiras a substituir alimentos processados por pratos caseiros nutritivos, como a feijoada.

Outros vencedores por sua liderança foram a colombiana Leonor Espinosa ― que traz os sabores tradicionais do Pacífico colombiano à alta gastronomia ―, e a argentina Narda Lepes como a melhor chef feminina da região, por seu restaurante vegetariano Narda Comedor. Nestes meses de pandemia, a chef também criou um aplicativo, o Comé + Plantas, “para oferecer melhor informação sobre vegetais” no país de cortes grossos de carne onde reina o Don Julio. “Eu me importo com o que comemos, me importo como comemos, com quem comemos, quando comemos”, disse o chef em um vídeo para a cerimônia virtual. A jovem promessa da premiação também é uma mulher, a mexicana Sofía Cortina, confeiteira do La Vitrine, que combina os tradicionais sabores franceses e mexicanos.

Aqui está a lista completa

1- Don Julio, da Argentina

2- Maido, do Peru

3- Central, do Peru

4- A Casa do Porco, São Paulo, Brasil

5- Pujol, do México

6- Boragó, do Chile

7- El Chato, da Colômbia

8- Mishiguene, da Argentina

9- Rosetta, do México

10- Osso, do Peru

11- Quintonil, do México

12- Oteque, Rio de Janeiro, Brasil

13- D.O.M., São Paulo, Brasil

14- Pangea, do México

15- Alcalde, do México

16- Tagui, da Argentina

17- Sud 777, do México

18- Kjolle, do Peru

19- Chila, da Argentina

20- Isolina, do Peru

21- Lasai, Rio de Janeiro, Brasil

22- Astrid y Gastón, do Peru

23- Maní, São Paulo, Brasil

24- Mayta, do Peru

25- Harry Sasson, da Colômbia

26- Evvai, São Paulo, Brasil

27- Leo, da Colômbia

28- Parador La Huella, do Uruguai

29- Rafael, do Peru

30- Le Chique, do México

31- Nicos, do México

32- De Patio, do Chile

33- Mocotó, São Paulo, Brasil

34- Gran Dabbang, da Argentina

35- Mil, do Peru

36- Máximo Bistrot, do México

37- Mérito, do Peru

38- Osaka, da Argentina

39- El Baquedano, da Argentina

40- Narda Comedor, da Argentina

41- Restaurante 040, do Chile

42- Maito, do Panamá

43- Aramburu, da Argentina

44- Manu, Curitiba, Brasil

45- La Mar, do Peru

46- Ambrosía, do Chile

47- El Preferido de Palermo, da Argentina

48- Nuema, do Equador

49- Celele, da Colômbia

50- Corrutela, São Paulo, Brasil

Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50