Terremoto nas eleições brasileiras. Candidatos de Bolsonaro e Lula afundam e surge uma nova esquerda jovem e moderna

Surpresas eleitorais indicam que a política brasileira continua viva, que sua democracia está resistindo aos ataques e que suas gerações mais jovens buscam por novos políticos

Guilherme Boulos, candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, em um ato de campanha nesta quarta-feira no centro da capital paulista.
Guilherme Boulos, candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, em um ato de campanha nesta quarta-feira no centro da capital paulista.NELSON ALMEIDA / AFP

O resultado do primeiro turno das eleições municipais no Brasil provocou um terremoto que mudou todas as cartas políticas. Foi uma das eleições mais atípicas desde os tempos da ditadura porque houve uma confluência de astros sobre elas que lhes deu valor agregado e das quais tanto os candidatos do presidente Bolsonaro como os do mítico líder ...

Mais informações