Copa do Mundo Rússia 2018

Senegal retorna à Copa após 16 anos com vitória sobre a Polônia

Seleções se enfrentam com destaques nos ataques: de um lado, Lewandowski, do outro, Mané

Niang marca o segundo gol de Senegal
Niang marca o segundo gol de SenegalPATRIK STOLLARZ (AFP)

MAIS INFORMAÇÕES

Senegal joga melhor e vence a Polônia por 2 a 1 no estádio do Spartak, em Moscou. A seleção senegalesa é a primeira africana a vencer uma partida nesta Copa do Mundo. Os senegaleses abriram o placar ainda no primeiro tempo depois de gol contra do zagueiro brasileiro naturalizado polonês, Thiago Cionek. O jogador acabou desviando a bola involuntariamente depois de chute de Gueye de fora da área e confundindo o goleiro Szczesny. Apesar do gol, o jogo era morno, com maior posso de bola polonesa, mas chances mais perigosas de Senegal.

Nas primeiras ações da Polônia no segundo tempo, a seleção fazia pressão e o goleador Robert Lewandovski apareceu em ao menos duas jogadas. Contudo, aos 15 minutos Niang sobrou livre depois de um recuo de bola desastroso e ampliou o placar para 2 a 1. Os jogadores poloneses reclamaram bastante do lance, pois Niang estava fora de campo, sendo atendido, e o árbitro autorizou sua entrada.

As duas equipes tinham no ataque suas principais armas. De um lado, o craque polonês Lewandovski, que não conseguiu executar grandes jogadas. Do outro, Sadio Mané, o atacante senegalês, que foi mais participativo no jogo, conseguindo organizar o ataque da seleção africana, distribuindo passes e comandando contra-ataques. Niang, contudo, foi o grande destaque do jogo.

Até o começo desta manhã, Colômbia e Polônia eram as duas seleções apontadas como favoritas no competitivo Grupo H. Às 9h, veio a primeira surpresa com a vitória do Japão sobre a seleção colombiana. Agora, Senegal vence na estreia em sua segunda participação na Copa do Mundo. Assim, os antes favoritos Colômbia e Polônia ficam empatados no final da tabela, enquanto Senegal e Japão são os líderes.

Arquivado Em: