Seleccione Edição
Login

Tarantino sobre o acidente de Uma Thurman em ‘Kill Bill’: “Cometi um erro terrível”

Cineasta admite que não supervisionou cena em que a atriz dirigia carro que bateu numa árvore

Uma Thurman x Tarantino
O diretor Quentin Tarantino e a atriz Uma Thurman no Festival de Cannes de 2014, quando o filme 'Pulp Fiction' foi homenageado em seus 20 anos. REUTERS
Los Angeles / Madri

O diretor Quentin Tarantino admitiu nesta terça-feira que cometeu erros no planejamento de uma cena de Kill Bill: Vol. 2 (2004) em que a atriz Uma Thurman ficou ferida após sofrer um acidente de carro. “Eu disse a ela que ficaria tudo bem, que a estrada era reta. Disse que seria seguro. E não era. Estava enganado. Não a obriguei a entrar no carro. Entrou porque confiou em mim. E acreditou em mim”, declarou Tarantino numa entrevista à publicação Deadline.

No fim de semana, a atriz revelou, numa reportagem no The New York Times, que sofreu um acidente durante a produção daquele filme, quando rodava uma cena em que deveria dirigir um carro a toda velocidade por uma estrada estreita, no meio de uma floresta. Ela contou que não se sentia cômoda com a ideia de rodar essa cena e por isso pediu uma dublê, mas acrescentou que Tarantino a pressionou para que atuasse diretamente, garantindo que não haveria perigo.

Thurman publicou em sua conta do Instagram o vídeo onde aparece dirigindo o carro até bater numa árvore – um clipe que a produtora Miramax, temendo represálias jurídicas, havia impedido a artista de assistir. Segundo o relato dela, sua relação com Tarantino se deteriorou por causa do acidente.

Depois das críticas suscitadas nos últimos dias em Hollywood por esse episódio, Tarantino apresentou agora a sua versão dos fatos. “É um dos maiores remorsos da minha vida. Como diretor, você aprende coisas, e às vezes aprende através de erros horríveis. Esse foi um dos meus erros mais horríveis, não percorri a estrada uma vez mais para comprovar o trajeto”, comentou.

O cineasta quis esclarecer que verificou o percurso que Thurman faria de carro, mas a cena acabou sendo rodada no sentido contrário ao que ele pretendia, e ninguém da equipe pensou em usar um dublê para a cena.

Junto com o vídeo, Thurman publicou uma mensagem reconhecendo que o cineasta se desculpou pelo ocorrido. “Quentin Tarantino se arrependeu profundamente e continua arrependido por esse lamentável incidente”, escreveu. Além disso, revelou que foi o próprio diretor quem lhe entregou a gravação do acidente. “Fez isso sabendo plenamente que poderia lhe prejudicar, e tenho orgulho dele por fazer o que era certo e por sua coragem.” Por outro lado, Thurman acusou os produtores Lawrence Bender, E. Bennett Walsh e Harvey Weinstein de “mentirem, destruírem provas e continuarem mentindo” sobre o acidente.

A seguir, o vídeo postado pela atriz no Instagram em que se vê o acidente que sofreu durante a filmagem:

MAIS INFORMAÇÕES