São Paullo

Novo espaço cultural do Santander em edifício emblemático de São Paulo

O banco lança nesta semana o Farol Santander, em um dos prédios mais conhecidos da cidade

Vista do topo do edifício Altino Arantes, em São Paulo
Vista do topo do edifício Altino Arantes, em São Paulo

MAIS INFORMAÇÕES

O Altino Arantes, famoso Banespão, também conhecido como Empire State Building paulistano, será reaberto nesta sexta-feira, 26, como parte das comemorações do aniversário da cidade de São Paulo, dia 25, depois de anos de relativo abandono e quase nenhuma atividade. A reforma interna do edifício, transformado em uma espécie de núcleo de empreendedorismo, espaço de lazer e centro cultural, foi bancada pelo banco Santander, que nos anos 2000 adquiriu o Banespa e, por consequência, passou a ser o dono do emblemático edifício. Agora, de acordo com a estratégia do banco espanhol, o prédio passará a ser conhecido como Farol Santander.

Há pouco mais de dois anos, quando o edifício foi fechado para reformas, era possível visitar gratuitamente apenas o 26º andar do Altino Arantes, onde está localizado um mirante para o centro antigo da cidade de São Paulo. A vista, em consequência dos cerca de 160 metros de altura da construção e de sua localização – no alto da colina fundadora da capital paulista – é privilegia. Turistas e paulistanos sempre foram atraídos a subir os andares para ter um panorama mais amplo da cidade pontilhada por seus espigões comerciais e residenciais.

Obra do Vik Muniz retratando o edifício
Obra do Vik Muniz retratando o edifícioDivulgação

Agora, o Santander criou diferentes núcleos espalhados pelos andares. Há um espaço destinado a história bancária do edifício, outro que preserva em detalhes a decoração interna das salas de reunião e presidenciais da instituição. Alguns andares são destinados a exposições itinerantes e permanentes, uma delas é assinada pelo artista Vik Muniz. Uma das salas também é dedicada a palestras de empreendedorismo e outra, bem diferente, foi transformada em uma pista de skate com vistas para toda a cidade. Para finalizar, o antigo espaço do mirante foi transformado em um café e em um dos andares foi aberto um loft que pode ser alugado, via Airbnb, para eventos ou pernoite.

Pista de skate dentro do edifício
Pista de skate dentro do edifícioDivulgação

Ao contrário do que acontecia nos últimos anos, contudo, o acesso ao mirante e seu café será pago, assim como o acesso a todas as outras áreas do prédio. Os visitantes poderão escolher por um combo, que combina a visitação de diferentes espaços no edifício, ou poderão pagar ingresso para conhecê-los individualmente. A subida ao topo do edifício custará 15 reais, o uso da pista de skate ficará por 50 reais e a diária do loft é de 4.000 reais. A visitação será liberada de terça à domingo e mais informações podem ser acessadas no site do Farol Santander.

A construção do edifício Altino Arantes remonta à década de 1940, em que a cidade de São Paulo começava um processo de intensa urbanização, expansão e verticalização. Muitos outros arranha-céus surgiram no mesmo momento na cidade e marcam, até hoje, a paisagem do centro antigo, antes ocupada por grandes casarões e palacetes. Em 1947, o antigo Banespão foi inaugurado depois de uma série de modificações no projeto inicial, que visavam deixá-lo mais parecido com o Empire State Building. A referência era clara: como Nova York, São Paulo seria a capital do futuro. Muito aconteceu de lá para cá, a capital paulista nunca chegou a ser a grande maçã dos trópicos, o edifício, contudo, continuou sendo uma marca da cidade.