Acidente em Portugal

Árvore cai e deixa 13 mortos durante romaria na Ilha da Madeira

Vítimas assistiam a uma cerimônia religiosa ao ar livre em Senhora do Monte

Senhora do Monte após o acidente.

Mais informações

Ao menos 13 pessoas morreram na localidade de Senhora do Monte (na Ilha da Madeira, Portugal) depois que uma árvore de grandes dimensões caiu sobre o público que assistia a uma cerimônia religiosa ao ar livre, segundo informou o Governo local. Além disso, outras 52 pessoas ficaram feridas. As vítimas participavam de um dos principais eventos religiosos dedicados às festas dos patronos da ilha.

O acidente ocorreu no Largo da Fonte durante uma romaria para uma igreja nas colinas da cidade, da qual é possível ter uma vista da capital da ilha. No momento em que a árvore caiu, dezenas de pessoas estavam comprando e acendendo velas junto a uma fonte diante de uma imagem da virgem do Monte, durante os atos comemorativos da Assunção da Virgem Maria.

Essa fonte é cercada por várias árvores centenárias e atrai todos os anos muitos habitantes da Ilha da Madeira durante a festa do Monte.

A pequena peregrinação é uma das festividades mais importantes da Madeira e conta com a participação de todas as autoridades regionais. Com efeito, estava prevista até mesmo a presença do presidente do Governo local, Miguel Albuquerque.

Não há confirmação oficial, até o momento, do número de vítimas. A Defesa Civil da ilha prevê a realização de uma entrevista coletiva ainda nesta terça-feira para apresentar o balanço definitivo das vítimas. A maioria dos feridos sofreram “fraturas e ferimentos na cabeça”, segundo fontes do hospital Nélio Mendonça.

Segundo testemunhas, a árvore era muito velha e estava sob observação havia pelo menos dois anos, tendo o tronco oco. Vários moradores afirmaram que as autoridades locais tinham sido alertadas do perigo de queda, principalmente depois que vários de seus galhos caíram em março passado.

No EL PAÍS, dezenas de jornalistas trabalham para levar a você as informações apuradas com mais cuidado e para cumprir sua missão de serviço público. Se quiser apoiar nosso jornalismo e ter acesso ilimitado, pode fazê-lo aqui por 1 euro no primeiro mês e 10 euros a partir do mês seguinte, sem compromisso de permanência.

Inscreva-se

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50