Represa de Oroville

Risco de barragem romper faz com que 200.000 deixem suas casas na Califórnia

Autoridades dos EUA lançaram alerta sobre inundação abaixo da represa de Oroville

Vista aérea dos danos na represa de Oroville, na Califórnia.
Vista aérea dos danos na represa de Oroville, na Califórnia.

Mais informações

As autoridades norte-americanas determinaram nesta segunda-feira a retirada de quase 200.000 pessoas no norte de Califórnia por causa do risco de rompimento da barragem de Oroville, a mais alta do país, informa a Reuters. Um dos vertedouros da represa tem danos severos que, se não forem solucionados, poderão gerar inundações nas áreas próximas à represa.

O Serviço Meteorológico Nacional (NWS, na sigla em inglês) emitiu durante a noite um alerta de inundações devido ao possível colapso de um trecho do vertedouro auxiliar de Oroville, 250 quilômetros a nordeste de San Francisco. Segundo o aviso oficial, o rompimento da estrutura pode causar “uma liberação descontrolada de águas do lago de Oroville”. “Apenas o vertedouro auxiliar da represa de Oroville está considerado sob ameaça neste momento”, acrescenta o boletim do NWS.

Diante desse risco, as autoridades determinaram a desocupação das localidades de Oroville, Palermo, Gridley, Thermalito, South Oroville, Oroville Dam, Oroville East e Wyandotte.

O jornal Los Angeles Times informa que a causa do alerta foi o descobrimento de um buraco no vertedouro da represa e, citando fontes oficiais, acrescenta que as autoridades tentam tapá-lo com sacos de pedras, ao mesmo tempo em que se empenham em reduzir o nível de água do lago Oroville, de modo a reduzir a pressão sobre o vertedouro.

This is an evacuation order. Immediate evacuation from the low levels of Oroville and areas downstream is ordered. ...

Gepostet von Butte County Sheriff am Sonntag, 12. Februar 2017

O xerife do condado de Butte, Kory L. Honea, disse haver “uma significativa preocupação” quanto à integridade do vertedouro por causa do buraco, já que seu comprometimento resultaria numa liberação “abundante” de água. “Precisamos tomar a decisão crítica e difícil de iniciar a desocupação da área de Oroville”, acrescentou o chefe policial, que também anunciou a ordem de desocupação através da sua conta no Facebook.