Os 90 minutos fatais para uma mulher

O Brasil, pese a contar com algumas das leis mais severas do mundo, ainda ocupa o sétimo lugar mundial em assassinatos de mulheres cometidos por seus companheiros ou ex-companheiros. Depois de oito anos de vigor da lei contra a violência machista, a conhecida Lei Maria da Penha, uma mulher é assassinada a cada 90 minutos no Brasil, em um episódio de violência doméstica ou de gênero. Frustrados pela alarmante realidade, um grupo de jovens estudantes do Paraná se lançou, com o celular em mãos e conectados a redes sociais, a tentar chamar a atenção sobre o problema. Os garotos não só tiveram grande repercussão, como além disso ganharam um concurso de curtas-metragens do Congresso contra a violência de gênero. Este vídeo é o testemunho de seu esforço.

Arquivado Em: