Na fila da Caixa ninguém lê a revista ‘Piauí’

A alta na avaliação de Bolsonaro assusta os que defendem a democracia, mas faz o alerta sobre o flanco aberto quando não se tem firmeza e coragem para defender a população e a liberdade

Bailarinas de Paraisópolis voltam às aulas após a paralisação pela covid-19, em 6 de agosto.
Bailarinas de Paraisópolis voltam às aulas após a paralisação pela covid-19, em 6 de agosto.Fernando Bizerra / EFE

Como um presidente que ofende mulheres, negros, tem arroubos golpistas e trata com desdém a morte de mais de 107.000 pessoas por covid-19 pode gozar e elevar seu prestígio perante a população? Essa é a pergunta que rodou o Brasil refratário ao presidente Jair Bolsonaro depois do resultado da pesquisa Datafolha desta sexta. O instituto ...

Mais informações