Os leitos de covid-19 e o aborto

A imagem do leito ocupado por uma mulher que fez aborto pode ajudar as pessoas de curta imaginação em aproximar-se de outra maneira a essa questão

Protesto em defesa do aborto legal nos EUA, em maio de 2019.
Protesto em defesa do aborto legal nos EUA, em maio de 2019.JAMES LAWLER DUGGAN / Reuters

“O aborto é uma questão de saúde pública”, dizem os pesquisadores. A tese parece abstrata, pois como uma prática criminalizada poderia ser uma necessidade de saúde pública? A pandemia de covid-19 é pedagógica. Porém, a pedagogia é de horror: segundo a Organização Mundial de Saúde, todos os meses centenas de milhares de mulheres procuram os serviços de saúde para cuidados de aborto incompleto. Na Argentina,

Mais informações