Tribuna
i

Ganhar a vida, perder a liberdade

No Rio, 84% dos adolescentes cumprindo medida de internação por tráfico se declaram pardos ou pretos. O que a sociedade ganha com essa forma (mal) disfarçada de encarceramento?

Manifestante em protesto com o racismo e a violência policial no Rio, em 31 de maio.
Manifestante em protesto com o racismo e a violência policial no Rio, em 31 de maio.PILAR OLIVARES / Reuters
Diogo Lyra|Julita Lemgruber|Paula Napolião

O assassinato do afroamericano George Floyd por um policial branco em Minneapolis, nos Estados Unidos, resultou em uma onda de protestos antirracistas que se espalhou mundo afora, inclusive no Brasil. Lá como cá, os aspectos mais visíveis do ...

Mais informações