Seleccione Edição
Login

Ebenezer Cobb Morley, o pai do fair play no futebol e inventor do impedimento

Doodle do Google homenageia o advogado britânico que lançou as bases do futebol como o conhecemos

Ebenezer Cobb Morley
Google homenageia Ebenezer Cobb Morley no aniversário de seu nascimento

Antes dos campeonatos internacionais, das seleções, dos direitos televisivos e do VAR, não existia nada do que hoje conhecemos como futebol. Antes dos números inimagináveis e milionários para os craques, direitos de imagem e patrocinadores, o esporte-rei guardava apenas uma semelhança com o de hoje: os jogadores chutavam algo redondo. Tudo o mais, medidas do campo, uniformes, duração das partidas e regras do jogo estavam a meio caminho entre o caos e a improvisação, porque, entre outras coisas, não cabia na mente humana do século XVII que poderia haver jogos de futebol todos os dias da semana e que estes poderiam ser transmitidos pela televisão de qualquer lugar do mundo ...

Ebenezer Cobb Morley era um entusiasta dos esportes que se propôs a colocar alguma ordem no esporte que começava a ser praticado maciçamente na Inglaterra. A ele se deve o que hoje consideramos futebol moderno, que, para se ter uma ideia do que era até aquele momento, basta ver a regra número 13, que elaborou para o futebol do futuro: “Nenhum jogador deve usar pregos ou placas de ferro que sobressaiam das solas ou dos saltos de suas botas “.

Filho de um ministro, Ebenezer Cobb Morley nasceu em um dia como hoje, 16 de agosto, 187 anos atrás, em 1831, em Hull, cidade da região de Yorkshire. Morley era o mais velho de quatro irmãos e desde muito jovem demonstrou grande interesse e aptidão para a prática esportiva.

Ebenezer Cobb Morley, que seria considerado o pai do futebol moderno, morou em Hull até os 22 anos de idade, quando se mudou para a cidade de Barnes. Estudou Direito e trabalhou como advogado, sempre defendendo a necessidade de bases para estabelecer um regulamento e um conjunto de normas que regessem qualquer tipo de esporte.

Em Barnes, Ebenezer Cobb Morley foi o fundador da Barnes Football Club em 1862, e um ano depois, em 1863, escreveu para o jornal local Bel’s Life para tornar pública sua intenção de criar um comitê que ditasse as regras para o futebol. Essa proposta levou várias equipes da região a se reunir para elaborar as leis desse esporte, o que levou à fundação da Football Association (FA), que é a atual Federação Inglesa de Futebol.

Ebenezer Cobb Morley tinha claro seu ideal, porque participou como jogador da primeiro jogo de futebol na história contra o Richmond Football Club em 1863, uma partida que terminou com um empate sem gols e que sofreu a carência de normas que disciplinassem o jogo violento que se praticava e no qual valia quase tudo.

O desafio lançado por Ebenezer Cobb Morley de dar um regulamento ao futebol foi amplamente aceito. Membros de vários clubes da Inglaterra se reuniram na Freeman’s Tavern para discutir uma futura regulamentação que, mais tarde, o pai da ideia condensou em uma lista de regras que se tornaram o padrão de jogo na Inglaterra.

As leis de Ebenezer Cobb Morley ajudaram a reduzir a violência em campo e também deram forma à regra crucial que hoje conhecemos como impedimento, e que evita que os jogadores se mantenham atrás da linha defensiva de um adversário à espera de um passe. O regulamento continha normas tão básicas, mas ao mesmo tempo tão importantes, como as medidas do campo, os uniformes dos timos, todos os tipos de arremesso, a duração do jogo, o lateral, a própria bola e, por exemplo, o número de jogadores que deveriam estar em campo.

A regulamentação estabelecida graças a Ebenezer Cobb Morley após o acordo entre vários clubes ingleses foi o ponto de partida e lançou as bases do que hoje é conhecido como o futebol. É verdade que, ao longo dos anos, alguns aspectos foram modificados, mais países contribuíram para o seu desenvolvimento e, a cada ano, novas regras tentam dar mais visibilidade e justiça para o jogo, mas aquelas primeiras regras, escritas de próprio punho por Ebenezer Cobb Morley, foram a origem de tudo e deram ao esportista e advogado britânico o título de inventor do futebol moderno.

Morley também ajudou a fundar a Associação Inglesa de Futebol, que continua sendo o órgão que rege o futebol no Reino Unido. Em 1863, foi eleito secretário honorário da Football Association (FA), cargo que ocupou até 1866 e que conciliava com a prática desportiva. Mais tarde, foi presidente da FA entre 1867 e 1874.

Mas não se dedicava só ao futebol. Ebenezer Cobb Morley tinha uma grande paixão pelo esporte em geral: foi fundador e secretário da regata de Barnes e Mortlake, além de ser considerado um grande regatista, foi também membro do Conselho do Condado de Surrey para Barnes (1903-1919) e juiz de paz.

Ebenezer Cobb Morley morreu sem deixar filhos em 20 de novembro de 1924, aos 93 anos, na cidade de Richmond e está enterrado no cemitério de Barnes, hoje quase abandonado.

O amor pelo esporte e a longevidade de Ebenezer Cobb Morley tiveram continuidade em um legado que nos permite apreciar, hoje, um esporte que é capaz de fazer um país inteiro parar para torcer por um time ou uma seleção. Nem mesmo o visionário do futebol poderia imaginar o negócio que se tornaria um século e meio depois.

 

 

MAIS INFORMAÇÕES