Mulher se ‘casa’ consigo mesma por amor verdadeiro

Italiana Laura Mesi "contraiu" casamento sem marido em uma cerimônia sem valor legal

A italiana Laura Mesi casou sem parceiro(a)
A italiana Laura Mesi casou sem parceiro(a)

Tudo estava pronto para dizer o sim, aceito: um vestido branco com brilhantes de Swarovski e véu de tule, uma festa organizada em uma cidade na Lombardia (Itália) para 70 parentes com bolo de casamento de cinco andares e a famosa marcha de Mendelssohn pronta para tocar quando a noiva entrasse... Mas sem o noivo. A italiana Laura Mesi é a primeira mulher que se casa na Itália consigo mesma em uma cerimônia sem valor legal nem religioso, mas que permitiu que organizasse o casamento de conto de fadas com o qual sempre sonhou.

A mulher, de 40 anos e professora de educação física, afirma que a decisão foi uma “conquista” de sua maturidade. “Tenho muitos amigos e uma relação maravilhosa com os homens. Simplesmente percebi que estou bem comigo mesma e que essa é a dimensão da minha felicidade e da minha realização”, declarou ao jornal italiano Il Corriere della Sera.

Mais informações

Foi uma longa jornada até chegar a entender que dividir sua vida com outro homem não era o que a faria feliz. Depois de um relacionamento fracassado que durou 12 anos, há cinco anos decidiu que queria viver sozinha. Em 2015, finalmente descobriu o que realmente queria: “Eu queria me casar. Mas sozinha. Comigo mesma”.

Segundo relata ao Il Corriere della Sera, decidir se casar consigo mesma e se tornar a “esposa solteira da Itália” não foi fácil. “Milênios de tradição nos deram uma ideia muito precisa do casamento. E eu também estava condicionada. Meus pais, minhas amigas... Todo mundo me dava conselhos e repetiam que eu devia pensar bem”, contou Mesi. Mas ela não hesitou: “Com 40 anos eu me senti forte o suficiente para ser realmente eu mesma. E não quis aceitar que nada nem ninguém poderia me dizer como devo viver e o que devia fazer com a minha vida”. E é uma história de amor verdadeiro, porque cada pessoa, segundo considera, deve “começar por amar a si mesmo”.

O casamento não fecha a porta a um futuro relacionamento: “Não se trata de uma vingança contra os homens”, diz. E se encontrar alguém com quem passar o resto de sua vida, será feliz. “Mas minha felicidade não vai depender dele”, disse ao jornal italiano.

Laura Mesi não é a primeira pessoa que se casa consigo mesma na Itália. Em maio passado, um napolitano, Nello Ruggiero, também se casou consigo mesmo. “Estou convencido de que não poderei amar ninguém tanto quanto me amo”, disse no programa Real Time.