Os ex- ministro da Saúde do Governo Bolsonsro, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, em 17 de abril, quando Teich tomava posse.
ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O Ministério da Saúde sob intervenção militar

Leandro Augusto Pires Gonçalves|

Bolsonaro atravessa a maior tragédia sanitária das nossas vidas provocando morte, derrubando ministros populares, enfrentando governadores e prefeitos populares, e, ainda assim, avançando na ocupação bolsonarista do Executivo

newsletters

Receba o boletim diário do EL PAÍS Brasil