ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O Brasil sem Lula e sem Moro

O juiz mais famoso do mundo e o presidente mais carismático eram as estrelas brasileiras que mais brilhavam recentemente dentro e fora do país. De repente, começaram a ser esquecidos

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O Brasil começa a colocar Bolsonaro de joelhos?

Não sabemos se a aparente conversão do presidente será apenas um parêntese para recuperar forças e voltar à carga com suas armas de morte

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

A nova teoria sobre o sorriso da ‘Mona Lisa’ de Leonardo da Vinci

O doce mistério de captar um movimento pode ser transferido a nossa capacidade de adivinhar a dor do próximo antes que tenha florescido em seu rosto

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

Por que não abandonar Bolsonaro para que se divirta apenas com seus brinquedos de morte?

O presidente gosta de brincar mais com a morte do que com a vida. Tem mais vocação de demolidor que de construtor, de guerreiro que de diálogo, de caçador de inimigos, verdadeiros ou imagináveis

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

O Brasil já vive uma ditadura branda?

A democracia também pode acabar sacrificada com a tática de minar suas instituições com o medo e com a violência

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS
ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS

Sergio Moro como Jano, o deus romano das duas caras

O ex-juiz aceitou implicitamente, sem nunca enfrentar, as investidas e os arroubos autoritários do presidente

Coluna

Por que o bolsonarismo-raiz engendrado nos gabinetes do ódio não terá futuro no Brasil?

Uma seita com essa força destrutiva e niilista nunca será a vocação de um país que, apesar de todos os defeitos, não renuncia à alegria de viver em paz

Pandemia de coronavírus

As lágrimas de Bolsonaro

Pior que o pranto dos poderosos são as lágrimas que os mais pobres e perseguidos têm que engolir antes que cheguem aos seus rostos endurecidos pelo abandono

Pandemia de coronavírus

Amanhã pode ser tarde demais para deter Bolsonaro

Bolsonaro não só caçoa de uma epidemia que coloca o mundo de joelhos, como tenta se aproveitar dela para minar as instituições democráticas

Coluna

Por que interessa a Bolsonaro e a sua família que o Brasil continue dividido e crispado?

O presidente da República, desde jovem militar, foi sempre um homem de briga, e não de paz. E continua sendo

ARTIGOS PARA LEITORES CADASTRADOS
Opinião

Militarização do Governo Bolsonaro, trincheira da democracia ou presságio de ditadura?

Nunca desde os tempos da ditadura militar existiu no governo brasileiro uma presença tão maciça das forças do Exército ocupando os cargos de importância

Coluna

Governo Bolsonaro vai taxar as grandes… fortunas? Não, as grandes pobrezas

Vivemos tempos duros, nos quais uma onda mundial tenta reverter as grandes reformas democráticas que tornaram o mundo menos desigual

Coluna

Um Lula mais à esquerda para quê?

Ex-presidente nunca se distinguiu por suas exacerbações à esquerda, menos precisa disso em um momento como o que está atravessando o Brasil, rodeado de incêndios políticos que provocam mortes e raiva em vários países irmãos da América Latina

Juan Arias

E se manchas de petróleo nas praias do Nordeste fossem um aviso dos deuses?

Resíduos de petróleo também podem ser um alerta da decadência política, social e humana que o país está enfrentando

JUAN ARIAS

Brasil não terá paz política enquanto não deixarem Lula voltar às urnas

Mesmo perdendo as eleições, Lula, que o melhor que sabe na vida é fazer política, poderia ter papel importante, por exemplo, na reforma do PT

JUAN ARIAS

É preciso acabar com a hipocrisia de chamá-las de “balas perdidas”. São balas assassinas

A morte de Ágatha despertou de maneira especial a consciência e até a linguagem dos excluídos daqueles bairros deixados à própria sorte.

JUAN ARIAS

A estranha paixão do presidente Bolsonaro por juízes e magistrados

Talvez o juiz Bretas, que é um grande leitor da Bíblia, tenha visto que no Antigo Testamento os juízes não se diferenciavam dos governantes

Juan Arias

A estéril e mórbida impaciência do clã Bolsonaro

Se o Brasil precisa ressuscitar de sua letargia e dos atropelos sofridos no passado, isso só será possível, mais do que destruindo, começando por respeitar o já conquistado. E sem atalhos mortais.

JUAN ARIAS

O uivo das estrelas mortas

Muitas estrelas, como entre os políticos, apesar de estarem mortas, poderiam “estar uivando” e se alimentando das companheiras, dizem os astrofísicos

Coluna

O milionário que comprou sete milhões de hectares na Amazônia por causa do seu cordão umbilical

Meu artigo levou este jornal a publicar um editorial lembrando que, ainda que respeitada a soberania brasileira, aquele santuário ecológico “era responsabilidade de todos”

Juan Arias

Os muros de pedra e os muros invisíveis

Muros foram sempre um símbolo do medo. Atualmente os muros invisíveis são ainda mais graves, porque nos separam espiritualmente

Eleições 2018

Por que o Brasil sempre precisa ser governado por algum deus?

O novo deus militar, diante do qual a maioria dos brasileiros parece disposta a se ajoelhar, se parece mais com o Deus do Antigo Testamento, o do “olho por olho e dente por dente”

Coluna

Agora sem Franco, que o Vale dos Caídos se torne um lugar de ressurreição

A Espanha decidiu retirar os restos mortais do ditador daquele monumento, onde ficarão apenas as vítimas dos dois lados da guerra civil, todos irmãos

Coluna

O segredo de Lula

O segredo da imortalidade política de Lula talvez resida em ser tão bom psicólogo como político

Coluna

O que o Exército está insinuando sobre as eleições?

Comandantes militares pediram um ambiente de tranquilidade política que permita a realização de “um processo eleitoral tranquilo”