Nobel da PAZ

Nobel da Paz 2020 vai para o Programa Mundial de Alimentos da ONU

Comitê Norueguês anunciou nesta sexta-feira um dos prêmios mais prestigiosos da academia, destacando seu trabalho “para impedir o uso da fome como arma de guerras e conflitos”

Uma trabalhadora do Programa Mundial de Alimentos organiza as doações humanitárias da ONU emAddis Ababa, na Etiópia, em 14 de abril deste ano.
Uma trabalhadora do Programa Mundial de Alimentos organiza as doações humanitárias da ONU emAddis Ababa, na Etiópia, em 14 de abril deste ano.TIKSA NEGERI / Reuters

Mais informações

O Comitê Nobel Norueguês concedeu nesta sexta-feira o Prêmio Nobel da Paz de 2020 ao Programa Mundial de Alimentos (PMA), uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU) com sede em Roma. Nesta edição, alguns dos candidatos mais destacados eram a Organização Mundial da Saúde (OMS) ―pelo trabalho realizado no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus― e a ativista ambiental sueca Greta Thunberg, além do Cacique Raoni (um dos líderes indígenas de maior prestígio no mundo), embora as bolsas de aposta não apontassem nenhum nome claro para suceder ao presidente etíope Abiy Ahmed, premiado na edição de 2019.

“A necessidade de solidariedade internacional e cooperação multilateral é mais evidente do que nunca”, afirmou o Comitê Norueguês do Nobel. O reconhecimento ao PMA destaca seu trabalho “para impedir o uso da fome como arma de guerras e conflitos”. O júri salientou que a erradicação da fome é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Em 2019, havia 135 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar aguda, “o número mais alto em muitos anos”.

Comitê anuncia o prêmio Nobel da Paz de 2020 (legendas em espanhol)

A pandemia da covid-19 contribuiu para o “drástico recrudescimento” no número de vítimas da fome, segundo o Comitê, que reconhece a “impressionante capacidade” do programa em manter sua atividade também durante a emergência sanitária. “O mundo corre o risco de sofrer uma crise de fome de proporções inconcebíveis se o Programa Mundial de Alimentos e outras organizações de assistência alimentar não receberem o apoio econômico do qual necessitam”, afirmou o comitê.

O prestigioso prêmio da Paz, como os demais Prêmios Nobel, é entregue anualmente em 10 de dezembro, aniversário da morte do criador dessas honrarias, o inventor Alfred Nobel. O formato será diferente do de outros anos, por razões sanitárias. Os organizadores decidiram transferir a cerimônia de entrega da Prefeitura de Oslo, que a acolhe desde 1990, para o salão nobre da Universidade, um recinto menor, mas que já foi cenário desse ato entre 1947 e 1989.

Assine nossa newsletter diária para receber as últimas notícias e análises no e-mail.

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50