Libertada a mulher que roubou 40 estimuladores de clitóris e os distribuiu entre amigas

Uma espanhola de 40 anos havia sido presa no último dia 23 após subtrair uma caixa repleta do conhecido brinquedo sexual Satisfyer numa loja da sua cidade

Succionador de clítoris Satisfyer.
Succionador de clítoris Satisfyer.
Agencias

Uma mulher de 40 anos foi posta em liberdade à espera de julgamento depois de ser presa e acusada de furto ao levar uma caixa com 40 estimuladores de clitóris da marca Satisfyer de uma loja em Callosa de Segura (leste da Espanha, 18.800 habitantes). Fontes da investigação informaram que a subtração dos brinquedos sexuais ocorreu em 23 de janeiro e que posteriormente a Guarda Civil recuperou e devolveu à empresa pouco mais da metade desses aparelhos.

O dono da loja denunciou o furto à Guarda Civil no mesmo dia dos fatos. Relatou que lhe faltava um pedido completo de um estimulador erótico feminino que lhe tinha sido entregue um pouco antes, num valor próximo dos 2.000 euros (9.380 reais). O empresário confirmou, com imagens da câmera de segurança do local, que pouco depois de o entregador ir embora uma mulher entrou no estabelecimento e levou a caixa, enquanto os funcionários desempenhavam outras tarefas no estabelecimento.

No dia seguinte à denúncia, os agentes da Área de Investigação da Guarda Civil identificaram e detiveram a suposta autora do furto. Uma vez detida, a mulher, moradora de Callosa de nacionalidade espanhola, confessou aos agentes que uma parte da mercadoria subtraída havia sido entregue a um centro de massagens dessa mesma localidade, e que o resto ela distribuiu entre moradoras de Callosa. A Guarda Civil recuperou parte dos artefatos.

O Satisfyer é um brinquedo sexual com um cabo de 16,5 centímetros e dotado de uma cabeça de silicone que se ajusta para rodear o clitóris. Proporciona uma sensação de vácuo e emite pequenas pulsações de ar que roçam o órgão sexual feminino. Em pouco tempo desde seu lançamento, obteve um enorme sucesso de vendas em lojas e sites de produtos eróticos.

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50