_
_
_
_
_

São Paulo vê adesão ao isolamento social subir 13 pontos, mas ainda abaixo da meta do Governo

João Doria listou cidades com maiores e menores índices de isolamento. Governador também anunciou a obrigatoriedade da máscara no Estado a partir do dia 7

Depois de atingir 46% na semana passada, isolamento social chegou a 59% no domingo
Depois de atingir 46% na semana passada, isolamento social chegou a 59% no domingoRicardo Matsukawa

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou na coletiva desta segunda-feira o aumento no índice de isolamento social no Estado durante o último fim de semana. Depois do número abaixar para 46% no fim da semana passada, a porcentagem chegou em 59% neste domingo. Doria lamenta, no entanto, que o número esteja abaixo dos 70% recomendados pelas autoridades de saúde como ideal no combate à pandemia do novo coronavírus: “não estamos obtendo bons números”, disse o governador. Na mesma coletiva, ele anunciou a obrigatoriedade do uso de máscaras em todo o Estado a partir do dia 7 de maio.

Mais informações
Rome (Italy), 04/05/2020.- A customer with his take away coffee leaves the historic 'Golden Cup' bar in Rome, Italy, 04 May 2020, during the coronavirus disease (COVID-19) pandemic. Italy entered the second phase of its coronavirus emergency on 04 May with the start of the gradual relaxation of the lockdown measures that have been in force for 55 days. (Italia, Roma) EFE/EPA/MAURIZIO BRAMBATTI BT
AO VIVO | Últimas notícias sobre o coronavírus e a crise política no Brasil
Coronavírus, o adversário invisível chega às quadras do Ibirapuera
A health worker wearing a protective face mask holds a banner reading "We do not accept rain covers" as he takes part in a protest against the lack of personal protective equipment (PPE) during the coronavirus disease (COVID-19) outbreak, at the Tide Setubal public hospital in Sao Paulo, Brazil, April 17, 2020. REUTERS/Rahel Patrasso
Lotado, hospital da periferia de São Paulo retrata o improviso na luta contra a covid-19: “Ore pelo meu pai”

Ao lado de Bruno Covas, prefeito de São Paulo, Doria informou que o isolamento social na capital está em 58%. O governador listou as cidades com os melhores e as piores porcentagem de isolamento. A “campeã”, segundo Doria, é São Sebastião, que alcançou os 69%. Entre as piores, se destacam Catanduva, Ribeirão Pires e Presidente Prudente, que tiveram somente 44% de isolamento social no domingo.

São Paulo registra, até agora, 31.772 casos confirmados da covid-19 e 2.626 mortes. São ainda 8.500 pessoas internadas com sintomas, entre suspeitos e confirmados. A taxa de ocupação dos leitos de UTI em São Paulo está em 68%, enquanto na Grande São Paulo já chega a 89%. O hospital de campanha do ginásio do Ibirapuera, que foi inaugurado no último fim de semana, já recebeu 45 pessoas de outras cidades.

Doria não festejou o aumento em relação à quinta-feira passada, quando o índice estava em 46%, e disse que continua confiando e pedindo à população para que fique em casa. “Países com Governos responsáveis conseguem bons resultados e começam a diminuir as restrições”, disse ele. “Em São Paulo, seguiremos ouvindo a medicina e a ciência. Não há pressão econômica, empresarial, política, partidária ou ideológica”. Os últimos fins de semana já demonstraram que a porcentagem aumenta nos dias em que a maioria da população não trabalha, mas voltam a cair durante a semana.

Sobre o uso de máscaras, Doria disse que a fiscalização e regulamentação do uso de máscaras ficará a cargo de cada Prefeitura. Covas completou dizendo que até o dia 6, na véspera da obrigatoriedade, será divulgado os modos pelos quais as autoridades paulistanas controlarão e punirão quem descumprir o decreto. “O objetivo é proteger os brasileiros de São Paulo”, argumentou o governador. “Eu e Bruno Covas representamos o que Estados e Municípios têm feito para salvar vidas. Não fosse isso, nós teríamos 10 vezes mais óbitos e infectados em São Paulo hoje”, garantiu ele.


Informações sobre o coronavírus:

- Clique para seguir a cobertura em tempo real, minuto a minuto, da crise da Covid-19;

- O mapa do coronavírus no Brasil e no mundo: assim crescem os casos dia a dia, país por país;

- O que fazer para se proteger? Perguntas e respostas sobre o coronavírus;

- Guia para viver com uma pessoa infectada pelo coronavírus;

- Clique para assinar a newsletter e seguir a cobertura diária.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
_
_