Manchester United marca nos acréscimos graças a VAR e derruba o PSG nas oitavas da Champions

Depois de perder por 2 a 0, ingleses venceram com gols de Lukaku e Rashford, nos acréscimos. Sem Neymar, Paris cai pela terceira vez seguida nas oitavas do torneio europeu

Rashford comemora o gol nos acréscimos contra o PSG.
Rashford comemora o gol nos acréscimos contra o PSG.John Walton
Diogo Magri
Mais informações
Ajax faz um carnaval no Bernabéu, goleia o Real Madrid e avança às quartas da Champions League
Onde e como assistir a PSG x Manchester United

O Manchester United venceu o PSG por 3 a 1 nesta quarta-feira, em Paris, e conseguiu uma classificação épica para as quartas de final da UEFA Champions League. Depois de perder por 2 a 0 em casa, os ingleses marcaram com Lukaku e viram Bernat empatar antes de Lukaku, novamente, e Rashford, em pênalti marcado com a ajuda do VAR nos acréscimos, selarem a eliminação da equipe de Neymar. Os franceses dominaram a posse de bola no jogo e poderiam ter matado o confronto já no primeiro tempo, mas tiveram erros individuais na defesa que deram chances aos ingleses. Logo no primeiro lance, Kehrer errou o recuo, Lukaku se antecipou e driblou Buffon antes de abrir o placar. Bernat empatou em cruzamento rasteiro de Mbappé poucos minutos depois mas, aos 30, Rashford arriscou de fora da área, Buffon bateu roupa e Lukaku, no rebote, voltou a marcar.

Desfalcado de nove titulares, entre eles Pogba e Alexis Sánchez, o United se recolheu na defesa durante o segundo tempo mesmo precisando de um gol para reverter a vantagem dos donos da casa. Mbappé teve mais chances de matar o confronto, mas não aproveitou. O Manchester, então, resolveu partir para cima em busca do milagre nos cinco minutos finais. Aos 45, Dalot chutou e a bola desviou no braço de Kimpembe dentro da área. Depois de consultar o VAR, o árbitro marcou o pênalti, convertido por Rashford. Thomas Tuchel ainda colocou Cavani, recuperado de lesão, no desespero, mas o 3 a 1 persistiu até o minuto final.

A eliminação é inédita: nunca na história da Champions um time venceu o primeiro jogo, fora de casa, por 2 a 0 e acabou eliminado. O vexame é a terceira eliminação seguida do milionário Paris Saint-Germain na primeira fase de mata-mata do torneio europeu, somada à goleada sofrida para o Barcelona em 2016-17 e à derrota para o Real Madrid em 2017-18. Neymar, que se recupera de lesão no pé direito, assistiu tudo dos camarotes do Parc des Princes.

Veja como contamos PSG x Manchester United:

Diogo Magri
Encerramos por aqui a cobertura de PSG 1 x 3 Manchester United, pela volta das oitavas de final da Champions League. Obrigado pela companhia e até a próxima!
Diogo Magri
Em Portugal, o VAR também foi decisivo ao marcar um pênalti para o Porto na prorrogação. Alex Telles converteu e o 3 a 1 classificou os portugueses para as quartas. Se juntam a Manchester United, Ajax e Tottenham!
Diogo Magri
Principal nome do ataque, Mbappé escorregou quando teve a chance de matar o confronto, na cara de De Gea, já no segundo tempo. Em campo, o francês, junto com os erros de Kehrer, Buffon e Kimpembe, foram responsáveis por outro vexame do Paris. Foto: Reuters
Diogo Magri
Rashford bateu forte e não deu chances a Buffon!
Diogo Magri
Nunca, na história da Champions, um clube foi eliminado depois de vencer o jogo de ida, fora de casa, por 2 a 0. O vexame se soma aos das duas últimas temporadas, quando o PSG também foi eliminado nas oitavas por Real Madrid (5 a 1 no agregado) e Barça (6 a 1 no Camp Nou).
Diogo Magri
Neymar imediatamente usou seu Instagram para reclamar do pênalti marcado nos acréscimos. O brasileiro, machucado, assistiu o jogo dos camarotes.
Diogo Magri
Que momento para o camisa 10 do United!
Diogo Magri
Soberano também no segundo tempo, o Paris parecia pronto para empatar a qualquer momento. Porém, foi castigado nos acréscimos. Dalot chutou e a bola desviou no braço de Kimpembe. Depois de consultar o VAR, pênalti marcado - e convertido por Rashford.
Diogo Magri
Que jogo espetacular em Paris! O PSG, com a vantagem de 2 a 0, dominou o jogo todo. Viu Lukaku abrir o placar com um minuto no erro de Kehrer, empatou com Bernat e voltou a sofrer um gol, ainda no primeiro tempo, com Lukaku marcando após Buffon bater roupa.
Diogo Magri
ACABOU! O Manchester United vence em Paris por 3 a 1 e está classificado para as quartas de final!
Diogo Magri
53 minutos. Shaw faz falta em Verratti na intermediária. Vem bola para a área e o árbitro quer jogo!
Diogo Magri
52 minutos. Franceses reclamam de pênalti de Shaw em Thiago Silva. Árbitro manda seguir! Que sufoco!
Diogo Magri
50 minutos. DE GEA! Goleiro defende com o pé chute cruzado de Di María! Que fim de jogo!
Diogo Magri
49 minutos. Cavani vem para o lugar de Daniel Alves!
Diogo Magri
48 minutos. RASHFORD CONVERTE O PÊNALTI NOS ACRÉSCIMOS! O camisa 10 bate forte e o 3 a 1 vai classificando o Manchester de forma épica em Paris!
Diogo Magri
GOOOOOOOL DO MANCHESTER UNITED!
Diogo Magri
46 minutos. Consultando o VAR, o árbitro marca o pênalti após chute de Dalot desviar no braço de Kimpembe dentro da área!
Diogo Magri
PÊNALTI PARA O MANCHESTER UNITED NOS ACRÉSCIMOS!
Diogo Magri
Olha o VAR! O árbitro é chamado para ver o vídeo porque, no chute de Dalot, a bola desviou no braço de Kimpembe dentro da área.
Diogo Magri
43 minutos. Com Thiago Silva ganhando todas pelo alto, o PSG parece impenetrável nos minutos finais.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS