Seleccione Edição
Login

Ronaldinho Gaúcho brilha na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo

Ex-jogador brasileiro participou da festa em Moscou e chamou a atenção pelo habitual carisma puxando um "pagode russo"

Ronaldinho Gaúcho Encerrramento da copa França x Croácia
Ronaldinho Gaúcho foi destaque na cerimônia de encerramento da Copa. Reuters

A Copa do Mundo Rússia 2018 chegou ao fim neste domingo (15), consagrando a França bicampeã diante da Croácia, no estádio Luzhniki, em Moscou. A cerimônia de encerramento, que começou às 11h30 (horário de Brasília), contou com a participação do músico latino Nicky Jam, que apresentou a música tema do Mundial, Live it Up, e também do ator Will Smith e da cantora albanesa Era Istrefi. Um dos destaques do evento foi o brasileiro Ronaldinho Gaúcho, que apareceu tocando um atabaque.

França x Croácia: Vitória da França

A França venceu a Croácia por 4 a 2 neste domingo, no estádio Luzhniki de Moscou, e se sagrou bicampeã da Copa do Mundo. Mandzukic (contra), Griezmann, Pogba e Mbappé fizeram os gols franceses, enquanto Perisic e Mandzukic marcaram para a seleção croata.

A Croácia enfrentou a França na final da Copa depois de derrotar a Inglaterra (2 a 1) na quarta-feira. A equipe francesa classificou-se contra a Bélgica (1 a 0) no estádio de São Petersburgo, depois de um jogo tático em que os Blues pareciam ter tudo sob controle em todos os momentos. Na decisão, os franceses venceram por 4 a 2 e deixaram para trás o trauma do vice-campeonato na Euro 2016.

Os croatas, que viraram sobre a Inglaterra por 2 a 1 na prorrogação, surpreenderam no Mundial, mas sem deixar de enfrentar polêmicas. O jogador Nikola Kalinic foi cortado da seleção após o jogo contra a Nigéria, por se negar a atender ao pedido do técnico Zlatko Dalic de entrar em campo aos 40 minutos do segundo tempo. A equipe foi multada pela FIFA por "comportamento antidesportivo" em 15 mil francos suíços (cerca de 58,8 mil reais) por conta de um vídeo publicado nas redes sociais em que o zagueiro Domagoj Vida e o integrante da comissão técnica Ognjen Vukojevic dedicaram a vitória da Croácia sobre a Rússia nas quartas de final para o Dínamo (de Kiev) e para a Ucrânia, país em conflito com os donos da casa.

Bélgica x Inglaterra: Vitória da Bélgica

A Bélgica conseguiu seu melhor resultado em uma Copa do Mundo, após assegurar o terceiro lugar contra a Inglaterra. Com a vitória por 2 a 0, o time dirigido pelo técnico Roberto Martinez voltaram a levar a melhor na reedição do duelo da fase de grupos, quando as equipes pouparam seus principais jogadores, como Sterling, Dele Alli, Harry Kane (artilheiro da Copa, com seis gols), De Bruyne, Hazard e Lukaku, e os belgas ganharam de 1 a 0.

O Mundial de 2022 será sediado no Catar, de 21 de novembro a 18 de dezembro. Será a primeira Copa do Mundo realizada durante o outono no hemisfério norte, já que as elevadas temperaturas do emirado em julho, em torno dos 50 ºC, impedem que o torneio seja realizado durante o verão boreal. A realização da Copa neste calendário vai obrigar uma reorganização das competições nacionais em ligas europeias.

Semifinais

  • Croácia x Inglaterra: quarta-feira, 11 (15h). Vitória da Croácia. A Croácia virou em cima da Inglaterra por 2 a 1 e se classificou, pela primeira vez na história, para a final da Copa do Mundo Rússia 2018. Trippier abriu o placar, Perisic empatou no segundo tempo e Mandzukic virou na etapa final da prorrogação. Agora, os croatas enfrentam a França na final do Mundial, no próximo domingo.

  • França x Bélgica: terça-feira, 10 (15h). Vitória da França. A França se tornou a primeira finalista do Mundial depois de vencer a Bélgica por 1 a 0, em São Petersburgo, com gol do zagueiro Umtiti.

Quartas de final

  • Uruguai x França: sexta-feira, 6 (11h). Vitória da França. Sem grandes dificuldades, a França venceu o Uruguai por 2 a 0 na sexta-feira em Nizhny Novgorod. O jogo não teve muitos lances perigosos de ambos os lados e ficou marcado pela falha do goleiro Muslera, que permitiu o segundo gol da França.

  • Brasil x Bélgica: sexta-feira, 6 (15h). Vitória da Bélgica. O grupo liderado por Tite foi derrotado por 2 a 1 pela Bélgica, em Kazan. Os belgas jogaram o bastante para vencer o jogo, e contaram com vários erros brasileiros no ataque para avançar. Na semifinal, o time invicto há 23 jogos enfrenta a França.

  • Suécia x Inglaterra: sábado 7 (11h). Vitória da Inglaterra. Uma das grandes surpresa da Copa, a Suécia, que desbancou a favorita Alemanha na fase de grupos, fez um jogo apagado e perdeu por 2x0. Os gols de Maguire e Dele Alli colocam a seleção inglesa entre as quatro melhores do Mundial, 28 anos depois.

  • Rússia x Croácia: sábado, 7 (15h). Vitória da Croácia. A persistência russa levou os anfitriões à decisão por pênaltis de novo, mas desta vez os croatas levaram a melhor. Graças às defesa de Subasic, a equipe croata avançou para pegar a Inglaterra na semifinal.

Oitavas de final

  • França x Argentina: sábado, 30 (11h). Vitória da França. A seleção francesa, que terminou como primeira do grupo C, eliminou a Argentina com uma atuação fulminante de Mbappé. Em jogo de sete gols, o jovem craque francês ofuscou Messi e comandou os franceses rumo às quartas de final.

  • Uruguai x Portugal: sábado, 30 (15h). Vitória do Uruguai. O Uruguai, uma das melhores seleções do torneio, eliminou o Portugal de Cristiano Ronaldo com dois gols de Cavani, classificando-se para as quartas contra a França. Pepe marcou o gol da seleção lusitana no placar de 2 a 1.

  • Espanha x Rússia: domingo, 1 (11h). Vitória da Rússia. Após empate na prorrogação, o goleiro russo Akinfeev pegou duas penalidades e garantiu os donos da casa nas quartas de final da Copa. E a Roja se despede do Mundial após um início de competição dramático, que teve demissão do técnico Lopetegui e a chegada de Fernando Hierro.

  • Croácia x Dinamarca: domingo, 1 (15h). Vitória da Croácia. A seleção croata se classificou para as quartas e eliminou a Dinamarca por 3 a 2 nos pênaltis. O croata Subasic venceu o duelo de goleiros ao pegar mais cobranças que Schmeichel.

  • Bélgica x Japão: segunda-feira, 2 (15h). Vitória da Bélgica. Belgas levaram 2 a 0 no primeiro a tempo, mas viraram o placar e conseguiram vencer por 3 a 2 com um gol de contra-ataque no apagar das luzes. Agora Bélgica enfrenta o Brasil na próxima sexta (6).

  • Suécia x Suíça: terça-feira, 3 (11h). Vitória da Suécia. A organização sueca prevaleceu mais uma vez. Com uma das defesas mais sólidas da Copa, a Suécia travou o ataque suíço e contou com a sorte para vencer o bom goleiro Sommer e avançar para as quartas de final do torneio.

  • Colômbia x Inglaterra: terça-feira, 3 (15h). Vitória da Inglaterra. Mina marcou, mas não evitou a derrota da Colômbia para a Inglaterra, do artilheiro Kane, nos pênaltis. Ingleses agora enfrentam a Suécia pelas quartas de final.

Veja o resumo dos jogos da edição 2018:

MAIS INFORMAÇÕES