Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Geração de ouro da Bélgica se impõe sobre a Tunísia e entrega o que promete: gols e bom futebol

Belgas goleiam com destaque para Lukaku e Hazard, autores de quatro gols

Bélgica vence Tunísia Hazard Lukaku
Batshuayi, 21, comemora quinto gol da Bélgica na partida Getty Images

Bélgica e Tunísia fizeram um belo jogo neste sábado no estádio do Spartak, em Moscou, pela segunda rodada do Grupo G da Copa do Mundo Rússia 2018. Com sete gols, cinco da Bélgica e dois da Tunísia, é a partida com maior placar deste Mundial. O primeiro tempo se encerrou com 3 a 1 e, no segundo, a Bélgica ampliou. No último minuto de jogo, a Tunísia, que não desistiu da partida em nenhum momento, conseguiu descontar.

A primeira etapa começou em um ritmo eletrizante, com a Bélgica atacando com muita intensidade. Aos seis minutos, Hazard abriu o placar depois de cobrança de pênalti, aos 15, Lukaku ampliou após rápido cruzamento e dois minutos depois a Tunísia descontou de cabeça com Bronn. Já nos acréscimos, Lukaku marcou mais um para fechar o placar dos 45 minutos inciais. Com quatro gols na Copa, o atacante belga empatou na artilharia com Cristiano Ronaldo.

No segundo tempo, o jogo continuou aberto com a Tunísia buscando jogo e oferecendo espaços para a Bélgica. Mas logo aos cinco minutos, em contra-ataque, De Bruyne fez um belo lançamento para Hazard. Ele dominou a bola no peito entre dois zagueiros, avançou para a área e encobriu o goleio Ben Mustapha. A partir daí, ficou muito difícil para a Tunísia, que, contudo, continuou atacando e teve algumas chances de gol. O técnico da Bélgica logo substituiu Hazard e Lukaku para que pudessem descansar, mas o time continuou com sede de gol.

Muito rápidos e eficazes na troca de passes, os belgas ainda conseguiram ampliar o placar com Batshuayi, que entrou com fome de gol no lugar de Lukaku. No minuto final, a Tunísia ainda chegou à área belga trocando bola e Khazri, o melhor tunisiano em campo, anotou o seu. Placar final 5 a 2. Neste domingo, às 9h, Inglaterra e Panamá ainda se enfrentam pelo grupo G, que, ao que tudo indica, deve ter uma disputa de primeiro lugar entre as seleções inglesa e belga.

MAIS INFORMAÇÕES